O segundo dia de trabalho da força-tarefa de fiscalização, no cumprimento do decreto da quarentena, gerou multas por conta da reincidência de estabelecimento comerciais não essenciais que insistiram em manter as atividades normalmente. Desde o início dos trabalhos, na quinta-feira (16), mais de 200 estabelecimentos já foram fiscalizados.

Uma multa de R$ 3 mil foi aplicada em uma empresa de grande porte que já havia sido alertada no primeiro dia de que não fazia parte dos serviços essenciais e, por isso, deveria respeitar a quarentena. A multa foi emitida pela equipe da Vigilância Sanitária. A outra empresa, de médio porte, também foi penalizada pelo mesmo motivo.

A proposta da quarentena é conter o avanço do contágio do novo coronavírus, mas a reincidência pode gerar problemas sérios a quem continuar com a irregularidade. Após a multa, o cancelamento do alvará é a punição imediata.

Nesses dois dias de trabalho da força-tarefa formada por membros do Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal, Polícias Militar e Civil, Vigilância Sanitária, Defesa Civil, Procon, Procuradoria Jurídica e Fundação Municipal de Meio Ambiente (Funat) foi alto número de denúncias pelos canais oficiais (telefone 199, whatsapp 3632.5856 e email fiscalizacaocovid@tubarao.sc.gov.br). Algumas não se confirmaram após a mobilização dos fiscais, mas esse cenário indica que a comunidade tem apoiado a quarentena.

Somente pedidos de esclarecimentos de dúvidas e orientações foram cerca de 200 chamadas em dois dias. Praticamente todas as mensagens eletrônicas eram de dúvidas sobre o que poderia abrir ou não. A quantidade de denúncias foi mais expressiva, mais de 300.

Na pista de skate, ao lado da Arena Multiuso Prefeito Estêner Soratto da Silva, havia alguns jovens com som automotivo ligado. Todos foram orientados a deixar o local e evitar aglomerações. Em bairros mais afastados, a Polícia Militar realizou uma ronda para observar a situação em bares, mas todos estavam fechados.

Entre no nosso grupo do telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/Notisul.