Laguna

Equipes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e do Núcleo Especial de Polícia Marítima (Nepom) da Polícia Federal, ambos com sede em Florianópolis, estiveram nesta sexta-feira em Laguna para fiscalizar embarcações de pescadores interessados em participar da captura da tainha.

Os donos das embarcações da modalidade de emalhe tiveram de ser submetidos a um sorteio na quarta-feira, dia 17, às 10 horas, para ter acesso à autorização de pesca complementar da tainha. Para o sorteio, os pescadores se inscreveram em um formulário eletrônico no site do ministério.

O número máximo de autorizações de pesca para emalhe é de 62 embarcações nas regiões Sul e Sudeste, segundo o ministério. No dia 24, próxima quarta-feira, ocorre o sorteio das autorizações entre as embarcações da modalidade de cerco.

Nesta sexta-feira, foi a vez de o ministério vistoriar as embarcações, no Farol de Santa Marta, para checar se elas estão de acordo com as normas. A presença do Nepom foi solicitada pelo ministério para garantir que a vistoria ocorresse sem problemas, mas, ainda assim, foi registrada uma rápida manifestação de alguns pescadores, descontentes com o critério de sorteio, adotado para a liberação das licenças.

Foto: Divulgação/Portal Notisul