Sangão

Sangão completa 27 anos de Emancipação Político-Administrativa neste sábado. O município passou a ser distrito em 2 de março de 1934, com o nome de 24 de Outubro, quatro anos depois, em 31 de março de 1938, a localidade passou a se chamar ‘Distrito de Sangão’ e sua emancipação Político-Administrativa ocorreu quase 60 anos depois, em 30 de março de 1992. A cidade pertencia a Jaguaruna.

A história do município é marcada pela constante busca do desenvolvimento econômico, social e cultural. Muitas lutas foram travadas no campo ideológico e comportamental, tendo em vista o bem-estar do povo dessa comunidade.  O empenho e a participação da população são vistos como fundamentais para o crescimento da cidade. 

O prefeito Dalmir Carara Cândido comemora a data, ressaltando os desejos de sucesso. “É com muita satisfação que celebramos mais este aniversário do nosso município. Celebro esta conquista agradecendo a todos aqueles que contribuíram e fizeram a sua parte, para o desenvolvimento de nosso município. Da mesma forma, parabenizo a todos os munícipes pelo aniversário de nossa terra, desejando para este e para os próximos anos muita paz, saúde, felicidade e sucesso”, enfatiza.

Neste período, diversas mudanças ocorreram no município. A cidade está em plena ascensão política, econômica e social. Conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística IBGE, Sangão conta com 11.532 habitantes e a base de sua economia são as cerâmicas (denominadas olarias), que produzem tijolos e telhas, concentradas às margens da BR-101. 

Diz-se que a origem do nome está ligada aos tropeiros que vieram da região serrana com suas boiadas, com destino ao porto de Laguna. Como a viagem era longa e o melhor acesso a esta cidade, era por Lauro Müller e Morro da Fumaça, onde eles pernoitavam em uma olaria em nosso município. Nesta olaria eles faziam fogueiras para se aquecer e fazer comida. Os tropeiros combinavam entre si, que iriam fazer a parada na rua onde existia fogo. Daí a denominação de ‘Rua do Fogo’, nome usado ainda hoje por muitas pessoas.