Tubarão/Urussanga

Um homem de 37 anos é a segunda pessoa mais jovem entre as três mortes pela Covid-19 registradas em Tubarão até este domingo (12). Neste sábado (11), a Fundação Municipal de Saúde da Cidade Azul divulgou no início da noite, a morte do morador de Urussanga, que estava internado no Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC).

Ramon Magagnin tinha diabetes, hipertensão e obesidade, as doenças causaram agravamento no quadro de saúde. A obesidade tem levantado um alerta entre os médicos durante a pandemia do coronavírus. Pacientes com sobrepeso têm se mostrado mais vulneráveis às formas graves da Covid-19. Esse índice tem preocupado os profissionais de saúde, porque a prevalência de obesidade é de quase 20% na população mundial.

A obesidade pode prejudicar a capacidade respiratória, que é fortemente afetada em pacientes com a doença causada pelo novo coronavírus. No Brasil, mais da metade da população tem sobrepeso e a obesidade atinge um a cada cinco brasileiros, conforme dados da pesquisa publicada em 2019 da Vigitel (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças crônicas por Inquérito Telefônico).

Na última quarta-feira, outro jovem de 34 anos, também foi a óbito por causa da doença. Ainda na maior cidade da Amurel, um homem de 82 anos, veio a óbito neste sábado à tarde. Ele estava internado desde o último dia 28 e tinha histórico de problemas cardíacos e hipertensão.