#Pracegover Foto: na imagem há um edifício com janelas, porta e escadas
#Pracegover Foto: na imagem há um edifício com janelas, porta e escadas

Em colapso, a saúde pública de Santa Catarina registra há duas semanas vem registrando uma média alta de pacientes à espera de um leito hospitalar em enfermaria. Neste período, a procura por uma vaga em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) também aumentou muito. Em Tubarão, por exemplo, a direção do Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), emitiu uma nota que a unidade de saúde chegou no limite.

Atualmente há 24 pacientes na UTI adulto da instituição, dois na UTI pediátrica, um deles ainda aguarda exames que comprovam que o menor está com Covid-19. Além disso, há 60 pessoas nas enfermarias, 49 delas com a infecção e 11 estão esperando o resultado dos exames. Segundo a nota, 14 pacientes aguardam por um leito de UTI. Um óbito foi registrado no HNSC nas últimas 24 horas.

A direção da instituição pediu a população de Tubarão e região que aumentem os cuidados com as medidas de segurança: usem máscara, mantenham a higiene das mãos constantemente e evitem aglomerações. Há semanas um os hospitais públicos e particulares não dão conta de atender a todos os pacientes que precisam de hospitalização clínica e de UTIs no Estado.

A lista de espera por leito se manteve alta mesmo após um decreto de lockdown (aos finais de semana), em vigor desde os dias 24 e 25 passado. Recentemente o Estado tem feito transferências de pacientes para o Espírito Santo, no Sudeste do país.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul