Diante do aumento exponencial de casos confirmados de Covid-19 em Capivari de Baixo, o prefeito Nivaldo de Souza acatou a recomendação do Comitê Extraordinário Regional para que os municípios da Amurel façam uma nova quarentena.

A partir desta quinta-feira poderão funcionar apenas serviços essenciais. A medida valerá durante 9 dias.

Segue o decreto baixado pelo município nesta quarta

-Ficam suspensos, em todo território municipal, por período indeterminado eventos e reuniões de qualquer natureza, de caráter público ou privado, incluídas excursões, cursos presenciais, missas e cultos religiosos.

– As atividades essenciais de supermercados e mercados devem funcionar com acesso simultâneo de clientes em, no máximo, 40% (quarenta por cento) da capacidade instalada e, observando obrigatoriamente todas as regras sanitárias vigentes, especialmente àquelas definidas para enfrentamento do Coronavírus.

Parágrafo Único. O ingresso simultâneo nos supermercados e mercados, varejistas ou não, fica restrito a uma pessoa por unidade familiar.

– Fica determinado aos órgãos de fiscalização sanitária, bem como a Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e a Guarda Municipal de forma compartilhada que realizem abordagens face normativa deste decreto e, usem dos meios necessários para que se cumpram as regras vigentes, especialmente para evitar aglomeração de pessoas e adequação a quantidade de clientes em atendimento simultâneo.

– Os estabelecimentos flagrados em descumprimento as regras sanitárias vigentes, deverão ter suas atividades suspensas até que as cumpram.

– As medidas para enfrentamento do COVID-19 neste território podem ser reavaliadas a qualquer tempo caso seja necessário.

– Poderão ser adotados mecanismos de flexibilização da jornada de trabalho, tais como: a fixação de escalas de revezamento e a modalidade “home office”.

 

Entre em nosso grupo do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul