O Procon SC divulgou que 17 postos de combustíveis de Içara foram notificados por estarem atuando com a bomba desregulada. A informação é resultado de uma operação em todo o estado, realizada  no dia 30 de janeiro. Nesta quinta-feira (6), uma comitiva liderada pelo prefeito Murialdo Gastaldon foi até a sede do órgão em Florianópolis, para entender melhor a situação. A Operação Bomba Suja foi deflagrada sem o conhecimento do Procon do município.

Em entrevista nesta sexta-feira (7), ao Programa Adelor Lessa, na Rádio Som Maior, a coordenadora do Procon de Içara, Karoline Calegari, explicou que 17 bombas no município estavam irregulares, não 17 postos como foi divulgado.”Foi verificado que alguns postos apresentaram divergências do padrão. No dia seguinte, o técnico do Inmetro esteve nos locais realizando a aferição para que todos ficassem regulares. Atualmente todos os postos estão regulares, em relação a quantidade e qualidade”, explicou a coordenadora.

Foram lavrados autos de constatação para os postos responsáveis pelas bombas que apresentaram medidas desreguladas. Os proprietários irão apresentar a defesa e só após o Procon irá apresentar o resultado.”Não tem como a gente afirmar nesse momento se tinha alguma irregularidade, porque o processo ainda está em curso. Nós pedimos ao diretor do Procon SC que os autos fossem analisados com urgência para que o consumidor possa ter a informação de maneira transparente”, armou.

De acordo com a coordenadora, foi provado através de laudo que a gasolina não é adulterada.”Todos os postos do município foram fiscalizados e a constatação foi que os combustíveis estão em qualidade, ou seja, com todas as determinações que devem ser cumpridas”, concluiu Karoline.