Tubarão/Capivari de Baixo

O menino Pedro Henrique Foizer Florzino, de 3 anos, filho do empresário do ramo de informática, Diego Foizer Florzino e de Juciele Florzino, morreu por choque séptico, consequente de uma pneumonia grave. O choque séptico é uma condição grave que ocorre em decorrência da sepse e traz risco de vida. Ocorre quando um agente infeccioso, como bactérias, vírus ou fungo, entra na corrente sanguínea de uma pessoa. Essa infecção afeta todo o sistema imunológico, desencadeando uma reação em cadeia que pode provocar uma inflamação descontrolada no organismo.

O Choque séptico é geralmente causado por infecção bacteriana. Qualquer tipo de bactéria pode causar choque séptico. Fungos e vírus também podem causar essa condição, embora infecções virais sejam extremamente raras. A criança faleceu na quarta-feira à noite, no Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), em Tubarão, e na quinta-feira pela manhã ocorreu a cerimônia de cremação, no Crematório São Mateus, no bairro Ilhotinha, em Capivari de Baixo.

De acordo com o laudo que investigou o agente causal da infecção, elaborado pelo Laboratório Santa Catarina e divulgado  nesta sexta-feira (28), o paciente foi infectado por streptococcus pneumoniae, uma bactéria comumente encontrada em pneumonias comunitárias, frequente na infância e resistente a alguns tipos de antibióticos. Conforme o HNSC, o caso não foi gerado por doença transmissível, e não há risco para as pessoas que tiveram contato ou frequentaram o mesmo ambiente que o menino.

Pedro Henrique estava internado no HNSC há alguns dias com a garganta irritada devido a pneumonia. Muitos boatos inverídicos circulam pelas redes sociais desde a última quarta-feira, inclusive relacionando o caso com o Coronavírus.

O Streptococcus pneumoniae é o principal agente etiológico de infecções respiratórias adquiridas da comunidade (otites, sinusites e pneumonias). As pneumonias podem ser acompanhadas de bacteremias, principalmente em pessoas idosas ou muito jovens. Outras infecções graves como meningite, endocardite, peritonites, osteomielite, artrite séptica são também associadas a esse agente.