Braço do Norte

Em Braço do Norte, os vereadores enfrentam um embate entre o PMDB e os demais partidos na disputa pelas cadeiras da mesa diretora que comanda a casa legislativa. O juiz de direito da comarca do município Rodrigo Barreto, emitiu a liminar, suspendendo o pleito do dia 1° de janeiro, que apontou os membros da mesa diretora, e pediu novas eleições para os cargos de presidente, vice-presidente, secretário e segundo secretário.

Os membros da mesa comandados pela presidente eleita para o biênio 2017/2018, Maria da Silva Kulkamp (PP) tiveram o recurso negado pelo juiz da comarca e entraram com novo recurso no Tribunal de Justiça.

Os vereadores aguardam a manifestação do tribunal e afirmam estar dispostos a enfrentar uma nova eleição. “Não houve nada de irregular. Todos os membros da chapa do PMDB se fecharam em torno da Chapa 1. A Chapa 2 (presidente Maria Kulkamp) convidou os vereadores Roberto Rohling (PMDB) e Celso Martins (PTB) para vir pra essa chapa, mas eles preferiram ficar com a chapa do PMDB. No vídeo realizado na sessão é evidente que o vereador Roberto Rohling (PMDB) foi convidado. Do mesmo modo o vereador Celso (PTB) deu uma declaração assinada em cartório afirmando que também foi convidado. Caso a Justiça, através do Tribunal, não reconheça o que é a verdade, o direito e a justiça, estamos tranquilos para enfrentar a eleição da mesa diretora”, detalha a nota emitida pela presidente.

PMDB pediu a destituição da mesa diretora
Um mandado de segurança foi impetrado pelo PMDB solicitando novas eleições da mesa diretora da Câmara de Vereadores de Braço do Norte. Segundo o partido, as siglas PSD, PP e PSDB não respeitaram a Lei de Proporcionalidade. O partido elegeu três vereadores e foi o segundo maior em número de votos, porém, não faz parte da composição da mesa diretora eleita para o biênio 2017/2018, que atualmente é composta pela presidente Maria da Silva Kulkamp (PP), pela vice-presidente Soraya Michels (PSDB), pelo secretário Rafael Marcelino Borgert (PSD) e pelo suplente de secretário Jacinto Perin (PSD).