Carolina do Sul

O senador do Arizona, John McCain, candidato republicano, acusou a democrata Hillary Clinton de querer “erguer a bandeira branca da rendição” no Iraque, o que segundo ele daria uma vitória de bandeja à rede terrorista Al-Qaeda. Para o senador, os Estados Unidos “estão tendo sucesso” no Iraque. Neste sábado, as prévias ocorrem na Carolina do Sul. Na terça é a vez da Flórida.

O outro candidato republicano, Mitt Romney, ex-governador de Massachusetts, disse estar ansioso para enfrentar a ex-primeira dama. “Não consigo imaginar a idéia de Bill Clinton voltando para a Casa Branca sem nada para fazer”, disse Romney, provocando os risos da platéia. “O que queremos é um presidente, não um casal que pensa que vai dirigir o país”, acrescentou.

A equipe de campanha de Hillary Clinton respondeu afirmando que a ex-primeira-dama também está “ansiosa” para debater com o republicano que seria seu adversário em novembro. Recentemente, o jornal New York Times expressou apoio a McCain, e a Hillary Clinton do lado democrata. Os editorialistas gostaram das propostas apresentadas por eles.