Amanda Menger
Tubarão

A entrevista coletiva convocada pelo candidato a vice- na coligação “Viva Tubarão”, Irmoto Feuerschuette (DEM), é aguardada com expectativa no meio político. E não é para menos. Nas últimas semanas, o clima teria esquentado entre Irmoto e cabeça-de-chapa, Genésio Goulart (PMDB).
Segundo fontes ligadas à coligação, as discussões entre Genésio e Irmoto ficaram intensas após a divulgação das pesquisas que apontam a dupla em segundo lugar da preferência, 30,2% atrás do primeiro lugar.

Os comentários a respeito da entrevista ‘bombástica’ e de um possível comunicado de desistência também aguçam a curiosidade dos demais candidatos. Olávio Falchetti (PT) preferiu não arriscar nenhum palpite. “Dizem que será bombástica. Mas eu só entendo de bomba de dinamite (por causa da pedreira Falchetti), não de bombas políticas”, disse, em tom de brincadeira. “Prefiro não falar nada, até porque não tenho muito contato com Irmoto para fazer algum comentário”, complementa o petista.

O presidente do PP, Benito Botega, acredita que as denúncias apresentadas nos programas eleitorais (cobranças irregulares na Área Azul e o processo contra o coordenador da campanha, Evaldo Tonelli, movida pelo Ministério Público Federal) serão “requentadas”.

“Acredito que o assunto será este. Eles estão desesperados em decorrência dos resultados das pesquisas e estão fazendo denúncias. Vamos continuar a nossa campanha, apresentando propostas. Somos como um bolo, quanto mais batem, mais crescemos”, opina o presidente do PP.

“Não desistirei”, garante Irmoto
A curiosidade a respeito da entrevista coletiva convocada pelo candidato a vice-prefeito Irmoto Feuerschuette (DEM), marcada para as 10 horas de hoje, na sede do Democratas, não é restrita aos concorrentes.

O teor exato da conversa com a imprensa não foi revelado nem para o presidente do Democratas, Dalton Marcon. “O que sei é que Irmoto não vai desistir não. Ele quer esclarecer esses boatos, informações desencontradas que estão circulando pela cidade e foram mencionadas também pela imprensa. Mas, exatamente o que ele vai falar, nem eu sei. Ele diz que será surpresa!”, conta Dalton.

Em conversa com o colunista Cristiano Carrador (confira na página 2 desta edição), Irmoto garantiu que não desistirá de concorrer ao cargo de vice-prefeito. “Podem ter certeza, não vou desistir. A disputa segue!”. Irmoto também não quis adiantar se apresentará alguma denúncia contra outros candidatos. “Não vou responder antes. Não quero chegar a este ponto. Só se for provocado”, pondera.