Amanda Menger
Tubarão

O Partido dos Trabalhadores (PT) de Tubarão deu o ‘pontapé’ inicial pela corrida eleitoral ao lançar oficialmente as candidaturas de Olávio Falchetti a prefeito, Paulo Henrique Lúcio, o Paulão, a vice-prefeito e mais nove vereadores. O evento, ocorrido ontem, contou com a participação de lideranças estaduais e federais do partido, como a senadora Ideli Salvatti e o ministro especial da pesca, Altemir Gregolin.

Durante os discursos, a senadora Ideli criticou a atual administração municipal. “Tenho certeza que Olávio e Paulão podem fazer uma gestão muito melhor do que a atual, que foi estúpida, não soube aproveitar as oportunidades. Tubarão tinha dívidas e não podia receber verbas. Além disso, não tinha projetos”, afirma.

A senadora voltou a questionar o destino dado aos recursos recebidos pela prefeitura para retirar os trilhos do fim da avenida Marcolino Martins Cabral. “Receberam a verba, de R$ 3,8 milhões, devolveram R$ 200 mil e não terminaram a obra. O que foi feito com os recursos? O prefeito Carlos Stüpp (PSDB) responde processo por aplicação do dinheiro em outras áreas que a não a originalmente destinada”, pergunta.

Para Olávio, a iniciativa de sair com chapa pura em Tubarão foi bem recebida pela direção estadual e nacional do partido. “Recebemos apoio de todos, porque acreditamos que seja a melhor opção, o melhor projeto de futuro para a cidade. Queremos fazer um governo de transparência, sem corrupção, convocando as pessoas técnicas, com conhecimento para fazer uma gestão pública de qualidade, voltada ao desenvolvimento da cidade”, justifica.