Amanda Menger
Laguna

A justiça eleitoral indeferiu mais uma candidatura na Amurel. Com a do candidato a vereador em Laguna, Rogério José Pereira (PSDB), o número chega a seis. Três são de Tubarão: Genésio Goulart (PMDB), que concorre a prefeito, e seu vice, Irmoto Feuerschuette (DEM); e o candidato a vereador Dionísio Bressan Lemos (PP). Os outros dois candidatos são de Imaruí: Pedro Roussenq (PMDB), que concorre a prefeito, e Bráulio Teixeira (DEM), candidato a vereador.

No caso de Rogério, a promotora Sandra Goulart Giesta da Silva pediu a impugnação e o conseqüente indeferimento da candidatura porque faltam alguns documentos necessários para o registro. O candidato recebeu as intimações, porém, segundo a chefe do cartório da 20ª zona eleitoral, Deborah Maria de Araújo Trajano, ele não respondeu. “Ele teve tempo para apresentar os documentos solicitados, mas não o fez, por isso o juiz Maurício Mortari decidiu indeferir o registro”, explica Deborah.

Outros sete pedidos de impugnação foram considerados improcedentes pelo juiz em Laguna. Os demais, cerca de cinco, serão julgados nesta semana. “Hoje deve sair a sentença do pedido de impugnação do candidato a vice-prefeito Adilcio Cadorin (DEM). Os outros, incluindo o do candidato à reeleição, Célio Antônio (PT), deve sair nos próximos dias”, revela a chefe do cartório.

Em Imaruí, dos oito pedidos, dois já foram aceitos e um foi considerado improcedente. Os outros cinco só deverão ser analisados pela juíza Lílian Telles de Sá Vieira no fim da semana.
Em Imbituba e Braço do Norte, os processos ainda não foram analisados pelos juízes. Em Tubarão, falta a sentença de um pedido de impugnação solicitado pelo MP, do candidato a vice-prefeito em Treze de Maio, Itamar Bonelli (PMDB), que também deve sair nesta semana.