As baleias francas estão chegando ao litoral catarinense para mais uma temporada reprodutiva, que ocorre de julho a novembro. Desta vez, chegaram mais cedo e duas baleias foram avistadas nessa segunda-feira (13), nas praias da Ribanceira e Porto, e outra em Itapirubá Norte, todas praias de Laguna.

Após receber a informação das duas primeiras, o registro foi confirmado pelo Instituto Australis via câmera de monitoramento na praia da Ribanceira. Mais tarde, a equipe flagrou os animais na praia da Vila. “Eram duas baleias adultas, estavam separadas e sem filhotes, o que impossibilita de saber se eram machos ou fêmeas. Nesse começo de temporada é normal vermos indivíduos sem filhotes. Podem ser fêmeas grávidas à procura do melhor local para ter o filhote, já que aqui é uma área berçário”, explica o instituto.

O Instituto Australis desenvolve o projeto PróFranca, pelo qual será feito, por terra, o monitoramento das baleias a partir de agosto. O objetivo é a conservação da espécie e pesquisas a longo prazo. O monitoramento no Sul do estado será feito desde o Cabo de Santa Marta, em Laguna, até a praia da Pinheira, em Palhoça. Ainda na segunda-feira, uma baleia foi avistada na praia de Itapirubá Norte, próximo a sede do instituto.

“Outra característica do começo de temporada e indivíduos sem filhotes, é que as baleias tendem a ficar mais longe da costa e se deslocar com mais frequência e mais rápido, diferente de quando se tem o filhote. E o objetivo passa a ser proteção nas enseadas, onde as águas são mais calmas e há menos gasto de energia por parte da mãe”, explica o órgão.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: Engeplus