Um projeto que leva aos alunos de Imbituba orientações sobre o uso correto do Serviço Móvel Urgência (SAMU). O Educa SAMU, que é realizado no município há quatro anos, busca esclarecer as funções do órgão municipal e alertar quando o atendimento deve ser solicitado.

 

Segundo o coordenador do SAMU de Imbituba, Diego Silva de Souza, o número 192, muitas vezes, o serviço é acionado sem necessidade ou em casos indevidos. Além disso, uma parte significativa das ligações recebidas pela Central de Regulação do SAMU é trote.

 

Além dos esclarecimentos quanto ao uso correto do serviço, os funcionários do SAMU falam aos jovens sobre primeiros socorros e mostram aos estudantes como lidar em situações de urgência ou emergência.

 

“O SAMU USB12 promove esse projeto nas escolas do município e região, para alunos de qualquer faixa etária. Nos últimos 12 meses, mais de 500 estudantes tiveram acesso às orientações”, disse Diego Silva de Souza, coordenador do SAMU de Imbituba.

 

O projeto Educa SAMU já foi realizado na Escola Municipal Etelvina de Souza Pereira, do bairro Vila Santo Antônio, na Escola de Educação Básica Engenheiro Álvaro Catão, no bairro Vila Nova Alvorada, na Escola Estadual João Guimarães Cabral, em Vila Nova, na Escola Adventista, no Centro, e no Centro de Educação Municipal Infantil Raio de Sol, que fica localizado na área central de Imbituba.

 

A escola que desejar receber esse projeto deve entrar em contato com o coordenador do SAMU de Imbituba, Diego Silva de Souza, pelo telefone (48) 998491860.