Tubarão

O comércio de Tubarão reabriu as suas portas nesta segunda-feira (13), depois de quase 30 dias fechado em decorrência das medidas protetivas no controle da Covid-19. A abertura ocorre por decreto do governo do Estado seguindo todas as normas de segurança e higienização quanto aos colaboradores como no atendimento aos clientes.

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Tubarão, Rafael Gomes Silvério, ressalta que a abertura é feita com restrições como a obrigatoriedade do uso de máscaras, álcool em gel, limitação de espaço entre as pessoas, além de outras medidas indicadas no decreto e reforçadas também pelos lojistas. “Tudo isso garante maior segurança e dá tranquilidade para quem deseja ir às lojas”, pontua.

Como primeira medida e de forma coletiva no domingo, foi realizado uma desinfecção numa parceria entre CDL e a empresa Higienelar em fachadas e calçadas dos pontos comerciais com maior fluxo de pessoas. Este trabalho vai seguir sendo efetuado por lojistas de forma preventiva.

Rafael lembra da importância de se valorizar o comércio local e para que se fortaleça a economia de Tubarão, dando garantia de emprego e renda. A união das pessoas deve ser quanto a valorização dos estabelecimentos de cada bairro, segundo ele, muitos dos pequenos empreendimentos correm o risco de não abrirem mais.

Normas

Pelo decreto, os estabelecimentos de comércio deverão cumprir várias obrigações, entre elas, a de que não é permitida a prova de vestimentas em geral, acessórios, bijuterias, calçados entre outros e que todos os produtos, que forem adquiridos pelos clientes deverão ser limpos previamente ao uso, sendo está uma orientação dada pelo estabelecimento.