#PraCegoVer Na foto, uma viatura policial no Mirante da Serra do Rio do Rastro, em Bom Jardim da Serra, em Santa Catarina
A Estação Climática da Serra do Rio do Rastro já registra uma sensação térmica de -10ºC durante a noite desta segunda-feira (16), por volta das 21 horas. As rajadas de ventos já alcançaram os 85 quilômetros por hora no Mirante da Serra do Rio do Rastro - Foto: PMRv | Divulgação

O frio desta segunda-feira (16) não foi nada perto do que está por vir nesta terça-feira (17)… E quarta e quinta! Sim, catarinenses, teremos muito frio, geada e até possibilidade de neve em Bom Jardim da Serra, São Joaquim e Urupema, três dos municípios mais gelados do Estado. Na verdade, conforme boletim atualizado nesta noite pela Epagri/Ciram, até o próximo domingo (22) os dias serão os mais frios do Brasil – pelo menos até o presente momento – e marcados por um intenso resfriamento de muitas áreas do país. Uma nova massa de ar frio de origem polar espalha-se e causa uma forte queda da temperatura no Sul, no Sudeste e no Centro-Oeste brasileiro. O ar frio deverá chegar também até a região de Rondônia, do Acre, Sul do Amazonas, Sul do Pará, Sul do Tocantins e no Oeste e Sul da Bahia. Neste lugares o frio será menos intenso – mas isso é uma questão de perspectiva.

Para quem mora no sul um ventinho é uma fresca. Para quem é acostumado com o calor infernal, o ventinho é o congelamento do mundo. Em terras catarinenses, o frio pode ter se antecipado, mas não é incomum para maio. A menor temperatura registrada no Brasil em 2022, segundo o Epagri/Ciram foi de 1,6°C negativos em 15 de abril, nas cidades de Urupema e Bom Jardim da Serra, ambas na serra catarinense. E as temperaturas a partir desta terça-feira não vão ser muito diferentes, inclusive com possibilidade de quebra de recorde. Nesta segunda, Fraiburgo já amanheceu com míseros 1,4ºC, Bom Jardim da Serra marcou mínima de 4,2ºC e em são Joaquim ops termômetros chegaram a 5,38ºC. No Planalto Norte também foi gelado. Em Monte Castelo, a mínima do dia foi de 5,26ºC. A partir deste terça, a temperatura deve ser ainda menor, em especial entre o fim da tarde e a noite.

A previsão é algo em torno de 0ºC e 5ºC na Serra e no Oeste catarinenses. Nas demais áreas, os termômetros não passam dos 21ºC. Mas e a neve? Bom, os bloquinhos podem sim cair nos pontos mais altos da Serra e do Oeste. O fenômeno é propiciado pola passagem de um ciclone extratropical, que está entre o litoral do Uruguai e Rio Grande do Sul, e deve provocar elevada umidade na região. Isso associado às temperaturas baixas, entre -3°C e 3°C, favorece as condições para a neve, segundo a Epagri/Ciram. Quem prefere ficar no conforto do lar e se recusam a sair de casa e de baixo das cobertas quentinhas, há outras formas de ver como está o tempo nas cidades mais geladas e com possibilidade de neve. Na Serra do Rio do Rastro e em São Joaquim, câmeras ao vivo e de acesso aberto trazem o frio para mais perto de quem até acha lindo, mas só por imagens. Confira os dois links abaixo:

Atenção nas rodovias deve ser triplicada pelo risco de gelo nas pistas
A previsão de clima intensamente frio trouxe alertas meteorológicos para o mar e também para as estradas. Na noite desta segunda-feira, a Polícia Militar Rodoviária (PMRv) emitiu uma nota os motorista que estarão transitando pelas rodovias da Serra Catarinense. Existe a possibilidade de congelamento da pista em alguns pontos, o que tornará o trânsito bastante perigoso nesses locais. Isto porque a camada de gelo formada sobre o asfalto faz com que o veículo perca a tração e isso pode levar a acidentes, inclusive graves.

#PraCegoVer Na foto, uma viatura policial passa em uma estrada com gelo e neve na pista
Com as temperaturas intensamente baixas, a possibilidade de geadas e neve exige maior atenção para os motoristas, em especial para aqueles que irão utilizar as rodovias da Serra catarinense – Foto: PMRv | Divulgação

Além de trafegarem com atenção triplicada, é indicado que os condutores reduzam a velocidade. Não é regra, mas o gelo sobre as pistas geralmente ocorre nas primeiras horas do dia, então também fica a sugestão de evitar as rodovias neste período. Conforme a PMRv, os pontos comuns de ocorrência de congelamento são:
– SC370, Km 20 em Urupema;
– SC112, Km 257 em Urupema;
– SC110, do Km 360 ao Km 362; em Urubici;
– SC 110, Km 462,600, Snow Valey, em São Joaquim; e
– SC 390, do Km 403 até o Km 404,500, Serra do Rio do Rastro, em Bom Jardim da Serra.

Fonte: Epagri/Ciram e Polícia Militar Rodoviária
Edição: Zahyra Mattar | Notisul

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul