#ParaTodosVerem Na foto, a SC-370 em Tubarão, há veículos nos dois lados da pista, cujas margens têm várias edificações e uma lombada
A rodovia SC-370 é uma das principais vias de interligação entre a BR-101, em Tubarão, o Vale do Braço do Norte e o Planalto Sul - Foto | Divulgação

A duplicação do trecho entre Tubarão e Braço do Norte da SC-370 não é exatamente um assunto novo na Amurel. Há décadas ventila-se esta possibilidade, mas nunca houve algo prático neste sentido. O tema voltou a ser lembrado nesta quinta-feira (21), no plenário da Assembleia Legislativa, pelo deputado estadual Pepê Collaço (PP-Tubarão). Na tribuna, o parlamentar solicitou melhorias na rodovia estadual, a principal interligação da região litorânea, cortada pela BR-101, com o Vale do Braço do Norte e o Planalto Sul.

#ParaTodosVerem Na foto, há um homem com barba falando no microfone em um púlpito. Atrás dele há um bandeira do Brasil
Deputado estadual Pepê Collaço voltou a solicitar a duplicação da SC-370, entre Tubarão e Braço do Norte, ao Governo de Santa Catarina – Foto: Bruno Collaço | Agência Alesc | Divulgação

O trecho de 35 quilômetros entre a BR-101, em Tubarão, e a maior cidade do Vale, Braço do Norte, é essencial não apenas nesta interligação, mas é a principal rota utilizada por empresas diversas cidades, tanto da Amurel quanto de outras microrregiões, para escoar suas produções. Para o deputado, é crescente o fluxo de veículos de carga e de passeio na região, o que torna a obra uma necessidade urgente, em especial do aspecto econômico. Em dias com o trânsito mais complicado, por exemplo, os motoristas podem levar até 1h30min para ir de Braço do Norte a Tubarão.

“Este registro se faz necessário para que possamos reforçar o pedido a essa obra tão importante para a região Sul de Santa Catarina e para a Amurel”, destacou Pepê. O projeto voltou a receber luz no dia 10 de dezembro do ano passado. À época, quando cumpria agenda no Sul do Estado, o próprio governador Carlos Moisés anunciou que a duplicação da SC-370 seria feita entre as duas cidades. Segundo seu pronunciamento na ocasião, o edital de licitação deveria estar pronto para ser lançado em março deste ano. Março acabou há praticamente três meses e nada foi anunciado de fato.

A SC-370 possui três trechos. O primeiro tem início no município de Painel, no principal acesso da cidade, junto da rodovia SC-114, e termina em Urupema, na rótula principal de acesso a cidade, na SC-112, que liga Urupema a Rio Rufino. O segundo trecho começa em Rio Rufino e termina em Braço do Norte. Neste trajeto a SC-370 corta corta a cidade de Urubici, desce a Serra do Corvo Branco, atravessa o município de Grão-Pará, Rio Fortuna e São Ludgero. Por fim, o terceiro trecho, inicia em Braço do Norte e corta a cidade de Gravatal e Tubarão, onde se encontra com a BR-101.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul