Cerca de 210 metros da rede de drenagem foram reestruturados  -  Foto: Prefeitura de Tubarão/Divulgação/Notisul
Cerca de 210 metros da rede de drenagem foram reestruturados - Foto: Prefeitura de Tubarão/Divulgação/Notisul

Tubarão

É só começar a chover bastante em Tubarão e muitos se preocupam com a situação da avenida Padre Geraldo Spettmann – conhecida como rua da rodoviária, no acesso central, que fica sempre alagada. Esta situação, em breve, fará parte do passado. Os trabalhos de reestruturação da drenagem da via – uma reivindicação antiga dos moradores e trabalhadores da região – estão 75% concluídos.

A obra conta com 280 metros de extensão. A equipe da secretaria de infraestrutura reestruturou cerca de 210 metros da rede de drenagem, e falta apenas 70 metros, ou seja, 25%. Para a conclusão dos serviços, faltam a colocação de tubos nas travessias e a instalação de 78 novas caixas coletoras.

Os trabalhos de revitalização contemplarão nivelamento dos tubos de drenagem, construção e instalação de caixas coletoras, e colocação de pavimento asfáltico. Após a revitalização, drenagem e pavimento, a via contará com faixas de ciclovia e nova iluminação. 

Com a conclusão dos trabalhos, o poder público fará a retirada dos canteiros centrais e a revitalização das pistas da avenida Patrício Lima. A intenção é que a Padre Geraldo Spettmann seja a via de entrada do município e a Patrício Lima a de saída. Atualmente, as duas são de duplo sentido.

O projeto,  que seria viabilizado com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), avaliado em R$ 3,2 milhões, é executado com recursos da prefeitura, devido aos cortes orçamentários do governo federal.