Cíntia Abreu
Tubarão

São reais as deficiências de infraestrutura em relação à drenagem da avenida Padre Geraldo Spettmann (da rodoviária). Como já salientou o secretário de desenvolvimento urbano da prefeitura, Nilton de Campos, faltou um melhor planejamento na época de asfaltar a estrada. O terreno é baixo e facilita o acúmulo exagerado de água.

Na tentativa de amenizar os alagamentos no local, três novas caixas coletoras duplas foram abertas na avenida. “Além destas, mais duas simples foram abertas. Isto resolverá de 70% a 80% do problema que enfrentamos atualmente”, garante Nilton.
O trabalho será finalizado hoje. “Agora é esperar chover novamente para avaliar se são necessárias mais caixas para evitar os alagamentos”, sublinha o secretário.
Das três caixas coletoras instaladas no local, uma delas amenizará o banhado do terreno ao lado da rodoviária.

“O lote já é úmido e quando chove transborda facilmente. Com a caixa neste ponto, pretendemos evitar a água abundante sobre a pista”, explica Nilton.
Todos os cuidados para que não haja contaminação do solo com a cinza utilizada no aterro da área são tomados. “Vedamos minuciosamente toda a tubulação”, garante Nilton.