Amanda Menger
Tubarão

Em um novo depoimento, agora em vídeo, o prefeito eleito de Tubarão, Manoel Bertoncini (PSDB), mais uma vez agradece às pessoas que estão orando por sua saúde e garantiu que assumirá a prefeitura no dia 1º de janeiro. Nos últimos dias, circularam especulações não apenas a respeito da saúde do futuro prefeito, mas também sobre quem assumiria o cargo, caso Dr. Manoel precise ausentar-se para outros tratamentos de saúde.

Fontes jurídicas consultadas pelo Notisul garantem que uma segunda eleição está descartada. Isso porque a Constituição Federal, no artigo 79, afirma que “é função do vice substituir o titular no caso de impedimento e sucedê-lo no caso de vacância”. Em um outro artigo, o 81, diz que “a convocação de novas eleições somente se dá em caso de dupla vacância – titular e vice”, o que afastaria a possibilidade um novo pleito.

Para os assessores e familiares de Dr. Manoel, o que importa é a recuperação dele. “O nosso pensamento é sempre positivo. Manoel está fazendo um tratamento e irá melhorar. Vai assumir o cargo para o qual foi eleito. Agradecemos todas as orações e esta corrente positiva que se formou”, afirma Márcia Regina Pereira, esposa de Manoel, que o acompanha em São Paulo.

O vídeo
Na gravação, Dr. Manoel revela que está fazendo radio e quimioterapia em função de um problema na coluna. “Estou tratando um problema que começou no fim da campanha. Com os exames, descobrimos que seria necessário fazer radio e quimioterapia. Em função da instabilidade na coluna, recomendaram-me fazer o tratamento em um local que tivesse os dois tratamentos, por isso, estou em São Paulo”, explica.

Ainda no depoimento, Dr. Manoel afirma que, em mais duas ou três semanas, estará de volta a Tubarão, “para dar continuidade a todas as nossas atividades, inclusive a atividade de prefeito, que nós pretendemos assumir a prefeitura dia 1º de janeiro pra realizar tudo aquilo que nós combinamos e assumimos de compromisso com a população de Tubarão”.

Depoimento do Dr. Manoel:
“Eu gostaria de saudar a todos os tubaronenses. Estamos dando este depoimento primeiro para agradecer a todas as manifestações de solidariedade e a preocupação que os nossos amigos tem tido com a minha questão de saúde. Mas eu gostaria de deixar todos vocês tranqüilos porque estou aqui em São Paulo buscando tratamento para um problema que começou no final da campanha: uma dor na minha coluna e no meu quadril e em função dos exames descobrimos que precisava fazer um tratamento com radioterapia e quimioterapia e em função da instabilidade na coluna, desta lesão que eu tive na coluna me foi recomendado fazer o tratamento em um local que oferecesse a possibilidade dos dois tratamentos e por isso que resolvemos vir a São Paulo e fazer o tratamento aqui. Além de agradecer, eu gostaria também de tranqüilizar a todos vocês que estão aí torcendo pela gente, dizer que nós vamos fazer o tratamento, provavelmente mais umas duas ou três semanas e que nós estaremos aí em Tubarão para dar continuidade a todas as nossas atividades inclusive a atividade de prefeito que nós pretendemos estar assumindo a prefeitura dia 1º de janeiro pra realizar tudo aquilo que nós combinamos e assumimos de compromisso com a população de Tubarão.”