Foto: Reprodução

O presidente Donald Trump ainda se recusa a admitir a vitória do democrata Joe Biden nas eleições dos Estados Unidos. Em comunicado neste sábado (7), disse que a disputa ainda não terminou.

O argumento de Trump é que Biden ainda não foi certificado como vencedor em nenhum Estado. “Estados onde nossa campanha move ações legais válidas e legítimas que poderiam determinar o vencedor final”.

Antes de começarem as votações Trump já dizia que se os votos não fossem favoráveis a ele, entraria com um processo na justiça, mas sem sucesso. Agora o republicano questiona a legalidade de votos enviados pelo correio, mesmo sendo permitido por lei no país.

“Todos nós sabemos por que Joe Biden está se apressando em fingir que é o vencedor e por que seus aliados da mídia estão se esforçando tanto para ajudá-lo: eles não querem que a verdade seja exposta. O simples fato é que esta eleição está longe de terminar”, escreveu Trump no comunicado publicado no site de sua campanha.

Neste domingo, o canal norte-americano informou que a primeira-dama dos EUA, Melania Trump, aconselhou o marido a reconhecer a derrota. Conforme a CNN, a informação veio de uma fonte próxima à família.