Tubarão

A chegada da infraestrutura apropriada – Aeroporto Regional Sul, em Jaguaruna, duplicação da BR-101 e os investimentos previstos para os portos de Imbituba e Laguna -, tornaram Tubarão um município atrativo para grandes investimentos.
Ontem, a multinacional francesa Saint Gobain (proprietária da tubaronense Tecnocola, adquirida pelo grupo em junho do ano passado) e a rede Wal-Mart (da rede de supermercados Nacional, entre outras grandes empresas) anunciaram investimentos pesados na cidade.

A Saint Gobain já investiu cerca de R$ 1 milhão na estrutura fabril da Tecnocola e tem previsão para aplicar mais R$ 1,1 milhão para este ano na produção, adequações na área de segurança conforme os padrões da multinacional e investimento em programas ligados ao meio ambiente. “A Tecnocola é uma das poucas fábricas que adquirimos que apresentou grande qualidade em estrutura. Foram necessárias poucas adequações”, elogiou o diretor financeiro do grupo, o alemão Benjamin Nass.
Ele explanou para um grupo de empresários e políticos os projetos da Saint Gobain para a cidade. O encontro foi a Associação Empresarial de Tubarão (Acit).

Boa parte dos recursos serão direcionados a investimentos na fábrica, que produzirá também produtos Weber Quartzolit, outra empresa do grupo. No investimento, está contemplada a geração de mais postos de trabalho, já que a meta é aumentar a produção para dois turnos, dobrando a capacidade da fábrica.
O maior atrativo foi a logística que chega à região. “Precisamos com urgência da conclusão da duplicação da BR-101 e do aeroporto. Desta forma, o cenário será ainda mais favorável para que haja mais investimentos”, anunciou Nass. O investimento concretizado em Tubarão foi o primeiro em Santa Catarina. Antes disso, o grupo atuava outros estados apenas.

Wal-Mart: 150 novos empregos e previsão
de R$ 11 milhões em investimentos neste ano

Já da parte do Wal-Mart, o investimento na cidade será de R$ 11 milhões na construção de uma supermercado da bandeira Nacional. O local escolhido foi o Farol Shopping, no bairro Aeroporto, em Tubarão. O grupo veio atraído pelo crescimento previsto para a região assim que as obras de infraestrutura concretizarem-se.
A explanação das aplicações em Tubarão e outras cidades catarinenses ocorreu em Florianópolis, na tarde de ontem. Ao todo, é prevista a criação de 150 novas vagas de empregos com o empreendimento.

“Isso é um grande orgulho para nós. Com mais lojas e funcionários, teremos a oportunidade de estender a mais pessoas a nossa garantia de variedade em produtos qualificados e com preço baixo todo dia”, destacou o presidente do Wal-Mart Brasil, Héctor Núnez.

O prédio que será construído em Tubarão será autosustetável, com medida ecológicas inéditas na região. A rede Wal-Mart atua em oito cidades catarinenses desde 2005. Tubarão será a nona. “Pretendemos fazer muito mais. Além de aplicarmos medidas sustentáveis na construção e operação das lojas novas e nas já existentes, procuramos atuar na vida do consumidor”, destacou Núñez.