#Pracegover foto: na imagem há um homem com três premiações nas mãos
#Pracegover foto: na imagem há um homem com três premiações nas mãos

O longa-metragem Albertina – A menina que tocou o céu e o coração de todo um país -, gravado com a participação de cerca de três mil moradores da região de Imaruí, continua em destaque.

Nesta quinta-feira (11) a Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), por meio de proposição do deputado Volnei Weber, encaminhou uma moção de aplauso a Cia BoaNova Filmes de Florianópolis pela produção do filme e às atrizes Jhulieny Espíndola e Suieny Espíndola, ambas de Imaruí, pelos prêmios conquistados em vários festivais internacionais de cinema. Essa já é o segundo reconhecimento da Alesc ao filme. Em abril foi entregue uma placa de homenagem pelo deputado Padre Pedro Baldissera (PT), já que a obra foi aclamada com o prêmio internacional de melhor longa-metragem no Festival de Cinema do Detective Crime Thriller, em Los Angeles (EUA).

A produção popular comunitária levou os prêmios no World Internacional Cinema Awards, em Los Angeles, de melhor longa-metragem. O diretor Luiz Fernando Machado ganhou o prêmio de melhor montagem, Marx Vamerlatti de melhor fotografia de filme e longa estrangeiro, Chico Caprário de melhor roteiro longa-metragem estrangeiro. O prêmio de melhor atriz estreante foi para Suieny Espíndola, que interpretou Albertina, e o de melhor atriz do festival, concorrendo com atrizes profissionais, foi para Jhulieny Espíndola. As irmãs tornaram-se atrizes após participação no curso de capacitação popular.

Ao todo foram seis prêmios conquistados no festival internacional de cinema. De acordo com a direção, a moção de Aplauso da Alesc coroa a trajetória de destaque do longa-metragem em 2020, sendo um dos filmes mais premiados no Brasil e com maior distribuição no Estado. O longa soma 20 prêmios em festivais internacionais e nacionais.

Albertina agora também está disponível em players e segue conquistando novas premiações. “Essa homenagem é fruto dessas premiações que estamos recebendo. O filme está com uma audiência relevante em números comparados a outros filmes catarinenses frutos de editais com verba pública”, comenta o diretor de cinema Luiz Fernando Machado.

Cerimônia de entrega de premiações em Imaruí 

De acordo com o diretor de cinema da Cia BoaNova Filmes, os troféus do festival de Los Angeles já chegaram e uma cerimônia está sendo planejada para oficializar a entrega aos ganhadores em Imaruí.

O filme, produzido pela Boanova Filmes, foi totalmente gravado na comunidade de São Luiz, em Imaruí, e destaca a vida da beata, sendo realizado com a participação de mais de 3 mil moradores da região e parentes diretos de Albertina, todos amadores na dramaturgia. A obra contou com dezenas de empresas e instituições que contribuíram direta e indiretamente na sua elaboração.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: Folha Regional