Nesta sexta-feira (5) é comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente, uma data para lembrar o quanto é importante atuar na preservação ambiental. No entanto, infelizmente, existem ações impróprias e até criminosas que acabam tornando a realidade do município Tubarão preocupante.

A higidez do meio ambiente é afetada pela poluição decorrente da disposição irregular de resíduos sólidos domiciliares (restos de alimentos, embalagem descartável de marmita, sofás, colchão, dentre outros resíduos inusitados), entulhos da construção civil em um dos nossos patrimônios naturais: A beira do Rio Tubarão – agravando os riscos à saúde pública conexos à degradação instalada.

Mesmo com tantas ações de sensibilização acerca da disposição irregular de resíduos sólidos, ainda é visível uma quantidade de resíduos bastante grande contaminando a Mata Ciliar, atraindo vetores que dissipam doenças infecciosas graves, causando por muitas vezes prejuízos irreparáveis para a biota local.

A disposição dos materiais irregulares em vias públicas pode gerar infração administrativa ou até mesmo crime ambiental, dependendo da área em questão. Os cidadãos podem denunciar essa prática no telefone (48) 3626-8727 ou pelo e-mail meioambiente@tubarao.sc.gov.br, ou ainda pela Ouvidoria no telefone 3621-9051, WhatsApp 98419-7361.

Mutirões de Limpeza

A Fundação Municipal do Meio Ambiente (Funat) atua com a sensibilização de crianças, adolescentes e adultos com a finalidade de reduzir esse tipo de ação. As ações de sensibilização vão desde palestras até atividades práticas, como reaproveitamento de materiais e os mutirões da limpeza.

Em 2017, foram feitos três mutirões, em 2018 realizaram um e em 2019 cinco ações. Neste ano, a Funat havia programado dois grandes eventos de limpeza, que infelizmente foram adiados visto as condições atuais acerca de saúde pública em virtude do novo coronavírus.