Gravatal/Braço do Norte

Cooperativas por um trabalho digno, é o tema do Dia Internacional do Cooperativismo comemorado neste sábado. O objetivo é reforçar a mensagem de que as cooperativas são empresas centradas nas pessoas, caracterizadas por um controle democrático, que prioriza o desenvolvimento humano e a justiça social no local de trabalho.

Para o presidente da Cooperativa de Eletricidade de Gravatal (Cergral), João Vânio Mendonça Cardoso, as motivações para mudar as suas vidas e a comunidade onde estão inseridos, são fatores que movem a participação dos membros de uma cooperativa, por promover o desenvolvimento integral, gerando emprego, renda e qualidade de vida. “Em muitos lugares, se não fosse a existência de uma cooperativa elétrica, a energia ainda hoje, provavelmente, não se faria presente”, ressalta.

As cooperativas em todo o mundo, empregam ou são a principal fonte de renda para mais de 279 milhões de pessoas, quase 10% do total da população trabalhadora. Além desses números, outros estudos confirmam que na comparação com o emprego em outros setores tendem a ser mais sustentáveis ao longo do tempo e distribuem-se, de forma mais uniforme entre áreas rurais e urbanas.

Segundo o presidente da Cergral, as cooperativas têm um papel essencial no desempenho para criação de empregos e no emponderamento econômico e social das comunidades. “As cooperativas são empresas centradas nas pessoas e no desenvolvimento comunitário, trabalhando o crescimento de cada um de forma coletiva”, destaca.

História em Santa Catarina

O cooperativismo faz parte da história da Eletrificação Rural em Santa Catarina nos últimos 60 anos. “Nosso Estado tem o maior índice de eletrificação rural no país, com 98% das propriedades energizadas. Podemos comemorar esse resultado devido a cooperação e parceria entre governo, concessionária, órgãos federais e as comunidades”, observa.

Em Santa Catarina a Federação das Cooperativas de Energia e Desenvolvimento (Fecoerusc), beneficia com energia elétrica, por meio das suas 22 filiadas, 171.000 propriedades catarinenses, atendendo uma população de cerca de 650.000 usuários. As cooperativas são responsáveis pela operação e manutenção de cerca de 22 mil quilômetros de redes, projetando, construindo e mantendo o sistema elétrico em suas áreas de ação.

Sobre a data

O Dia Internacional das Cooperativas das Nações Unidas é celebrado anualmente no primeiro sábado de julho e o objetivo é aumentar a conscientização das cooperativas. Em 16 de dezembro de 1992, a Assembleia Geral das Nações Unidas, aprovou a resolução que proclamava o primeiro sábado de julho de 1995 como o Dia Internacional das Cooperativas, marcando o centenário da criação da Aliança Cooperativa Internacional. A comemoração deste ano será o 25º Dia Internacional das Cooperativas das Nações Unidas e o 97º Dia Internacional do Cooperativismo.

6ª edição do Cooperar é neste sábado

Já é tradicional para a Cerbranorte a realização do ‘Cooperar é isso’, o evento em comemoração ao Dia do Cooperativismo, que integra as atividades do Dia C. Neste ano, a 6ª edição ocorre neste sábado, na praça da igreja matriz, em Braço do Norte e tem como tema ‘Valorizando Nossa Gente’. A Cerbranorte, em parceria com diversas empresas, entidades e instituições da região, promove um dia especial para a população com atividades, apresentações culturais e esportivas e muita cooperação.

O evento inicia às 9h e segue até às 17h, com muitas opções de entretenimento para as famílias. No pátio da igreja matriz terá diversas tendas com oficinas, informações sobre serviços, tenda da saúde com testes rápidos, tenda da beleza, parque inflável, distribuição de mudas, algodão doce e pipoca. Além de outras atividades, no fim da tarde ocorrerá o corte dos bolos doados pelas padarias.

A expectativa é que, aproximadamente, quatro mil pessoas passem durante o Cooperar para prestigiar as atividades. As atrações ficam por conta das diversas apresentações culturais e esportivas, promovidas pelos parceiros da cooperativa. A Unisul é uma dessas parceiras e trará ao público apresentações com a Banda Marcial Dehon e com o grupo Cia de Dança.

A coordenadora operacional da Unisul de Braço do Norte, Gisela Daufenbach Felippe, ressalta a importância da colaboração para o evento. “A parceria, Unisul e Cerbranorte,  para ação do cooperativismo fortalece a extensão universitária, pois além do ensino e da pesquisa, a Unisul cumpre também o seu papel com participação direta na comunidade. De uma forma alegre e lúdica, o cooperativismo inspira pessoas a se engajarem cada vez mais na ideia da cooperar umas com as outras”, afirma a coordenadora.

O Laboratório Biovita é mais um parceiro que esteve em outras edições do Cooperar é Isso. Vana Schultz, diretora administrativa do Biovita, confirmou que neste ano a parceria continua com  muitas atividades. “A participação nos lembra como é importante cooperar e estarmos nesse momento onde toda a comunidade participa e interage. O evento traz a essência que também é a nossa, de dividirmos o que temos de melhor com o próximo. É um momento de compartilhar informação, de trazer alegria e sobretudo cooperação”, comenta Vana.

O Sesi/Senai participam do Cooperar há três anos e estão dispostos a trazer novidades ao público. “Agradecemos a Cooperativa por este convite a cada ano. A cooperação desperta em cada um de nós, um dos seus principais fundamentos que é o progresso social. Por meio da cooperação conseguimos ver no evento a soma de esforços de todos, para garantir um só objetivo o bem comum. Levamos ao evento um pouco de nosso trabalho, e também ações sociais desenvolvidas em nossas instituições. Cooperar é isso! Trabalhar junto, pensando no bem comum”, destaca a orientadora pedagógica do Senai Braço do Norte, Gabriela H. Michels.