Priscila Alano
Tubarão

As vendas no comércio de Tubarão devem aumentar esta semana com a proximidade do Dia dos Namorados. Uma pesquisa da Federação do Comércio de Santa Catarina (Fecomércio) aponta que a maioria das pessoas pretende pagar à vista os presentes. O gasto médio deve ser entre R$ 51,00 e R$ 100,00.

O diretor executivo da Câmara de Dirigentes Lojistas de Tubarão (CDL), Pedro Paulo Nascimento, o Paulinho, indica que a expectativa é de um acréscimo de 5% nas vendas. “Já registramos um aumento no movimento no comércio desde o último sábado”, relata Paulinho.

As facilidades de pagamentos e as promoções também atraem os consumidores. Entre os artigos mais procurados, estão perfumes, acessórios, roupas e calçados.
A estudante Ana Lúcia Antunes ontem procurava o presente para o seu namorado. “Há várias opções, desde os acessórios como uma corrente, uma pulseira, até algo customizado. Estou em dúvida”, conta ela.

A atendente Mariana de Medeiros confirma que a procura pelos presentes já iniciou, e tem muita gente que escolheu kits de perfumes. Outras opções muito procuradas pelos namorados são os jantares oferecidos pelos bares e restaurantes para comemorar a data.

Projeto de lei: lojas devem ter provadores adaptados

As lojas de confecções pode ter que disponibilizar provadores adaptados para pessoas com deficiência física. O deputado Décio Lima (PT) apresentou projeto de lei na câmara dos deputados que estabelece que as lojas ofereçam pelo menos um provador adaptado.

“Em geral, os estabelecimentos comerciais varejistas de uso coletivo não dispõem de espaços adequados às provas de roupas pelas pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida”, constatou Décio.

Para a acessibilidade deste público na prova de roupas, é necessário um ambiente com dimensões suficientes para a passagem e a permanência do usuário de cadeira de rodas e, também, assentos e apoios dos membros, que permitam experimentar a peça, antes da compra.