Tubarão

O cooperativismo no mundo é parceiro e agente de desenvolvimento econômico e social em qualquer área de atuação. No setor elétrico, a atuação do cooperativismo não tem sido diferente, gerando sempre o melhor para os seus associados e em Santa Catarina através da Federação das Cooperativas de Eletrificação Rural de Santa Catarina (Fecoerusc), com 22 filiadas. Isto é uma grande realidade.

Entre as filiadas, está a Cooperativa de Eletricidade de Gravatal (Cergral), presidida por José Grasso Comelli, também presidente da Fecoerusc. José Comelli lembra que a grande expansão da eletrificação rural no estado ocorreu a partir da década de 60 e tem como maior objetivo o atendimento social. “O sistema Fecoerusc, através das filiadas, atende a uma população de cerca de 780 mil no estado e 180 mil propriedades. E tem se destacado por viabilizar o social através do econômico e, em muitas situações, complementado as ações do setor público”, ressalta José Comelli.

Hoje, as cooperativas são responsáveis pela operação e manutenção de cerca de 22 mil quilômetros de redes. Elas projetam, constroem e mantêm o sistema elétrico em suas respectivas áreas de ação. “Este esforço conjunto possibilitou sermos o estado com maior índice de eletrificação rural no país, com 98% das propriedades energizadas”, salienta José Comelli.

Cergral viabiliza três grandes projetos para Gravatal

Gravatal

Três grandes projetos são executados pela Cooperativa de Eletricidade de Gravatal (Cergral). De grande alcance técnico e social, estes projetos vêm contemplar a distribuição de energia elétrica e segurança dos associados da Cergral através dos serviços de iluminação pública, implantados todos com recursos próprios.
Na divisa dos municípios de Armazém e Gravatal, a cooperativa implanta nova rede de distribuição de energia elétrica e iluminação pública. O projeto prevê investimentos na ordem de R$ 65 mil.

No bairro Tiradentes, em Gravatal, a Cergral conclui a ampliação das redes de energia elétrica e a implantação das redes de iluminação pública com luminárias, eliminando os pontos fracos dos serviços. Com isso, segundo José Comelli, passa-se a oferecer qualidade e segurança total aos associados, embelezando a via pública que serve de local de caminhada para os turistas que visitam as Termas do Gravatal. A cooperativa investe nesta obra R$ 35 mil.

No bairro Bela Vista, a cooperativa inicia as obras de ampliação e modernização das redes elétricas. Também são instalados mais dois transformadores de força. “Muito já se fez em termos de rede elétrica, mas desta fez concluiremos um projeto gigantesco, onde iremos investir aproximadamente R$ 100 mil. Tudo planejado na qualidade total dos serviços”, afirma Comelli.
Na rua Joaquim Cardoso Duarte, a Cergral também instalará mais dois transformadores de 30KVA, eliminando com isso uma demanda reprimida no suprimento de energia elétrica.