Tatiana Dornelles
Tubarão

Carrinhos, bolas, bicicletas, bonecas, jogos, roupas, calçados, brinquedos eletrônicos… O Dia das Crianças aproxima-se e, com isso, a ‘corrida’ dos pais ou responsáveis para as lojas também.
Entretanto, alguns cuidados são necessários antes de colocar a mão no bolso e gastar com o presente para os filhos. Verificar o selo do Inmetro é um dos primeiros passos, pois identifica que o brinquedo passou por todos os testes necessários antes de ir às prateleiras.

Outro fator a ser analisado é a indicação da idade, também impressa junto ao selo do Inmetro. “As pessoas devem verificar o selo e comprar em lojas estabelecidas, por oferecerem garantia dos produtos. Se a compra ocorre em uma loja que não fornece nota ou é de procedência duvidosa, o cliente perde a garantia”, orienta o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Tubarão, Walmor Jung Júnior.

Entre a preferência da ‘garotada’ estão, principalmente, os brinquedos eletrônicos e os celulares. “As crianças têm preferido os eletrônicos, brinquedos com mais tecnologia. Mas os pais também preferem a utilidade, logo compram roupas, calçados e presentes mais úteis, como computador e celular, por exemplo. Isso notamos desde o Natal. E ainda há brinquedos da moda e que as crianças pedem muito”, considera Walmor.