Tubarão

Neste sábado, na unidade do Senai de Tubarão, será realizada mais uma edição do ‘Dia da Família na Escola’. Conforme dados da edição do ano passado, cerca de 500 pessoas devem passar na estrutura do Senai, entre às 8h30 e 11h30.

A ação reúne pais, alunos, familiares, educadores e a comunidade em geral, ocorre simultaneamente em todo o Estado e promove diversas atividades durante o período. “O objetivo do “Dia da Família na Escola é aproximar a comunidade e os pais dos alunos ao processo educacional, para que eles possam conhecer melhor a estrutura onde seus filhos estão estudando. No nosso caso, o evento também abre caminhos para que novos jovens possam enxergar o Senai como uma opção para realizar sua qualificação profissional”, explica o diretor do Senai da Regional Litoral Sul e do Sesi de Tubarão, Maximiliano Alves.

Neste ano, o Dia da família na Escola tem foco na qualificação profissional e continuidade dos estudos. No Estado, a expectativa é de que a iniciativa envolva 1,2 milhão de estudantes de escolas do Sistema S (Sesi, Senai, Sesc, Senac, Sest, Senat e Senar), além das unidades da rede pública municipal e estadual. A iniciativa virou lei em 2016, a partir de uma proposta do Movimento Santa Catarina pela Educação. “É dever da família apoiar e incentivar os estudantes a descobrir quais são seus próprios talentos. Para isso é preciso estar presente na vida escolar deles. Este ano queremos mostrar que a educação profissional é uma opção promissora para os estudantes, pois facilita a inserção no mercado de trabalho e amplia a renda em 18% em relação a quem concluiu apenas o ensino médio. Inclusive, algumas formações técnicas têm média salarial maior do que ocupações de nível superior”, salienta o presidente da Fiesc, Mario Cezar de Aguiar.

Programação

Senai de Tubarão
8h30: Ginástica laboral;
8h45: Pedal Sesi;
9h20: Palestra sobre “Projeto de Vida e Carreira profissional”, com a palestrante Luiza B. Rodrigues;
Espaço musical;
Exposições de trabalhos do ensino médio do Sesi;
Oficinas: Aprendendo com seu filho: ensinamentos de instalação elétrica, automaquiagem, robótica para crianças de 7 a 10 anos, alimentação saudável, contação de histórias para crianças, brinquedos recreativos e oficina de arte em MDF (cada participante trazer sua caixa de MDF);
10h30: Palestra sobre “Como os pais podem ajudar os seus filhos a construir uma carreira profissional”, com o palestrante Valmir Cabral.

Veja como ajudar os filhos na escolha profissional

Apoie e incentive os filhos a se informar sobre as profissões atuais e do futuro, pesquisando diferentes ocupações e perspectivas do mundo do trabalho.

Sugira para a escola dos seus filhos promover conversas com profissionais de diferentes áreas de atuação.

Faça visitas com seus filhos a lugares e eventos que mostram as profissões e os requisitos para formação profissional. Também visitem juntos escolas que atuam com a formação profissional.

Esclareça que na vida nada é definitivo. Ainda mais a escolha das profissões. Conversar com os filhos sobre a possibilidade de correção de rumo é algo que pode tranquilizá-los.

Respeite e apoie os interesses dos filhos desde pequenos (brincadeiras individuais e/ou em grupos, jogos, esporte, dança, participação em grupo de jovens, grêmio estudantil, atividades voluntárias, etc.). Tudo contribui para a formação pessoal, profissional e cidadã.

Incentive atividades extracurriculares. Elas ajudam os filhos a explorar e desenvolver suas aptidões e interesses.

Promova a responsabilidade e a autonomia nas tarefas do dia a dia, como cuidar do material escolar, organizar o quarto, ajudar na rotina de casa, usar transporte público, fazer pequenas compras, etc.

Converse com os filhos sobre os objetivos de vida, o que pretendem alcançar na vida, seus sonhos, assim como suas inseguranças.

Conte para seus filhos sobre a sua trajetória profissional, se teve, ou não, liberdade de escolha, se ficou satisfeito, o que faria de diferente agora, etc.

Fale sobre as profissões da família. Isso permite que o jovem amplie o seu conhecimento sobre o mundo das profissões e, também, tenha contato com diferentes trajetórias profissionais de pessoas mais próximas.