#Pracegover foto: na imagem há duas mulheres. Uma delas passa creme na outra
#Pracegover foto: na imagem há duas mulheres. Uma delas passa creme na outra

Dezembro, mês da chegada do Verão e das férias escolares, é também mês de conscientização sobre o câncer de pele. Além da detecção rápida do problema, que se identificado no começo tem uma chance de cura 90% maior, a campanha Dezembro Laranja de 2021 quer destacar que só o protetor solar hoje em dia não basta. O uso de barreiras físicas, como óculos escuros, chapéus de abas largas e roupas que cubram boa parte do corpo, são agora essenciais na nossa nova realidade.

“A radiação solar está muito forte em todos os horários e lugares. E não é só na praia que devemos evitar o sol das 10h às 16h e usar outras formas de proteção junto com o filtro solar”, reforça a médica Flávia Villela, especialista em dermatologia e estética. Para ela, é preciso atenção redobrada com crianças, que estão sendo treinadas para a prática de proteção, e com idosos, por serem um grupo de alto risco.

Idosos: pele sensível

“A pele de um idoso é mais fina, já acumulou exposição solar de uma vida toda. É preciso uma higiene adequada, com cuidado para não ressecar mais esse tecido mais sensível e menos renovado”, afirma a especialista. Outra dificuldade com esse grupo são os hábitos culturais consolidados, mais difíceis de mudar.

“A geração nascida nos anos 60 passou a juventude nos anos 80, quando o bronzeamento  da pele era feito sem nenhum fator de proteção, apenas em trajes de banho e com boné comuns. Essas pessoas estão completando 60 anos agora e não estão habituadas a usarem chapéus de abas largas e camisetas de manga longa na praia”, explica a médica.

Ainda assim, destaca, é preciso reforçar a importância da prevenção do câncer com fotoproteção múltipla para todas as idades, principalmente os idosos. Este ano, a especialista palestrou voluntariamente no Lar Padre Euclides em outubro, onde reforçou alguns cuidados para esse público.

Usar água abundante e evitar deixar resíduos de sabonete e shampoo é muito importante para não causar lesões nessa pele que já começa a ficar fragilizada pelo tempo. Outra dica valiosa é hidratar corpo e rosto sempre depois do banho e vinte minutos antes de passar o protetor solar. “Depois de passar o protetor, esperar ainda 30 minutos antes de vestir as roupas e ir para o sol. É um ritual antes da exposição solar. Já sabe que tem piscina ou praia na programação? Vai ficar ao ar livre por muito tempo? É importante ter esses hábitos de saúde”, aponta Flávia.

Fotoproteção

Há dois tipos de proteção: as de barreira química (protetores solares) e as de barreira física (chapéus, camisetas e óculos com bloqueadores de raios UV). É importante também utilizar filtro solar com fator de proteção solar (FPS) igual ou superior a 30, a ser reaplicado a cada duas horas.

O que é Dezembro Laranja?

A campanha Dezembro Laranja foi lançada em 2014 pela Sociedade Brasileira de Dermatologia(SBD). A proposta é estimular a conscientização da população e de grupos de risco sobre a importância em prevenir e diagnosticar precocemente o câncer da pele.

A iniciativa faz parte da Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer da Pele e acontece sempre no último mês do ano em parceria com instituições públicas e privadas. Há cerca de 180 mil novos diagnósticos de câncer de pelo no Brasil ao ano, segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), órgão federal ligado ao Ministério da Saúde.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte:Juliana Rangel Comunicação