Jailson Vieira
Florianópolis

Depois de 35 anos exercendo a magistratura, o tubaronense Lédio Rosa de Andrade passará a advogar em breve. Isso porque, o ex-desembargador encerrou na última sexta-feira a sua carreira no Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ/SC). “Entrei na magistratura com 23 anos. Jovem e já sobre os ombros o peso da função pública de julgar. Após 35 anos dedicados ao poder judiciário, me aposento com o sentimento de missão cumprida: dediquei três décadas e meia de minha vida à implementação da justiça social e consolidação da democracia deste país”, destaca.

Lédio conta que com a proximidade da aposentadoria, o ‘velho’ sonho de exercer a advocacia ‘bateu’ a sua porta. “Conversei com um colega desembargador que também acabou de se aposentar para abrirmos o escritório em sociedade. Além dele, um advogado se juntará a nós nesta parceria. Porém, com a possibilidade de deixar a magistratura recebi o convite da cúpula do Partido dos Trabalhadores para compor a sigla”, explica.

Segundo o ex desembargador, as conversas com os dirigentes do partido só continuariam após a sua aposentadoria, que já estava programada para este mês. “Participarei de uma reunião, vou estudar quais os benefícios a minha possível pré-candidatura trará para o povo catarinense e depois disso darei a minha resposta. Sempre haverá consequências. É necessário que todos nós possamos ajudar o país a sair dessa lama em que está mergulhado”, pontua.

O tubaronense poderá ser o pré-candidato a governo do Estado nestas eleições pelo PT. Conforme o ex-magistrado, a política sempre esteve presente na sua vida. “Não pude me filiar a nenhum partido nestes meus 35 anos de magistratura, mas desde muito jovem, sempre fui engajado em causas políticas, desde a faculdade. Sem dúvida, é um assunto que me interessa e que gosto muito”, finaliza.

Lédio também é professor titular das disciplinas de criminologia e filosofia do direito no curso de Direito da Universidade Federal de Santa Catarina (Ufsc) há alguns anos. Ele é graduado em Direito pela UFSC, em 1981 e também  em Psicologia e especialização em economia, pela Universidade do Sul de Santa Catarina , em 1999.  Mestrado em Direito pela Universidade Federal do Estado, em 1992; doutorado em Filosofia Jurídica, Moral y Política, pós-doutorado em Direito e doutorado em Psicologia Clínica e da Saúde, todos pela Universidad de Barcelona entre os anos de 1995 e 2015.