Consumidores de apenas seis dos 27 estados brasileiros sentiram o desconto de 0,46 centavos no litro do diesel. A redução no preço do combustível faz parte do acordo firmado entre o governo com os caminhoneiros para encerrar a greve da categoria há três semanas.

Na época, o ministro-chefe da Secretaria de Governo, Carlos Marun, afirmou que “havia condições” para o combustível sair das refinarias com o desconto prometido durante as negociações com os caminhoneiros – a greve que foi iniciada no dia 21 de maio causou uma crise de abastecimento em vários setores da economia.

Durante a semana de 27 de maio até 2 de junho, última antes do anúncio de redução, o preço do litro do diesel chegou a atingir o valor de 4,77 reais no Acre. Desde então, os consumidores sentiram um desconto de, no mínimo, 0,46 reais em Alagoas (-0,60 centavos), Amapá (-0,55 centavos), Mato Grosso do Sul (-0,63 centavos), Rio de Janeiro (-0,51 centavos), Rio Grande do Sul (-0,47 centavos) e São Paulo (-0,51 centavos).

Consulte o desconto por estado:

Acre – R$0,41

Alagoas – R$0,60

Amapá – R$0,55

Amazonas – R$0,33

Bahia – R$0,37

Ceará – R$0,45

Distrito Federal – R$0,33

Espírito Santo – R$0,43

Goiás – R$0,32

Maranhão – R$0,44

Mato Grosso – R$0,37

Mato Grosso do Sul – R$0,63

Minas Gerais – R$0,39

Pará – R$0,31

Paraíba – R$0,38

Paraná – R$0,42

Pernambucanas – R$0,42

Piauí – R$0,35

Rio de Janeiro – R$0,51

Rio Grande do Norte – R$0,39

Rio Grande do Sul – R$0,47

Rondônia – R$0,32

Roraima – R$0,42

Santa Catarina – R$0,42

São Paulo – R$0,51

Sergipe – R$0,44

Tocantins – R$0,37

Nesta quarta-feira, o Ministério da Justiça notificou as distribuidoras Petrobras, Ipiranga, Raízen, Alesat, Ciapetro, Royal Fic e Zema para que esclareçam a suposta ausência de repasse integral do desconto na comercialização de diesel aos postos de combustíveis.