Braço do Norte

Lançado na região em outubro do ano passado, o projeto Dentista do Bem toma forma e pode mudar a vida de muitas crianças de baixa renda. A partir da próxima semana, os profissionais cadastrados começam a atender as crianças selecionadas em Braço do Norte.

O projeto é desenvolvido pela Oscip ‘Turma do bem’, iniciado pelo cirurgião-dentista paulista Fabio Bicancos há oito anos, e atende crianças de todo o Brasil, América do Sul e agora também Portugal. Em Braço do Norte, aproximadamente 1,2 mil estudantes, com idades entre 11 e 17 anos, passaram por uma triagem, pela qual foram levadas em conta a estrutura econômica e a gravidade do caso. Aproximadamente 80 alunos de três escolas do município foram selecionados e 26 serão atendidos.

Doze dentistas cadastrados farão tratamentos dentários não oferecidos na rede pública, gratuitamente, pelo tempo necessário ou até o paciente completar 18 anos. A meta é conseguir a adesão de mais profissionais. “Com mais dentistas, poderemos atender muitas outras crianças”, justifica o coordenador do projeto em Braço do Norte, Tarcisio Fonseca.

Preocupação
Por questões financeiras ou mesmo culturais, a principal preocupação demonstrada pelo grupo de dentistas é a saúde bucal das crianças e dos adolescentes atendidos pelo projeto. Por falta de escovação e cuidados, muitos perderam os dentes para sempre. “A maioria não possui instrução. O que queremos é a mudança, mostrar a importância da saúde bucal para o indivíduo e sua convivência social”, destaca Tarcísio Fonseca.

Interessados
Os profissionais de odontologia interessados em ajudar no tratamento das crianças de baixa renda de Braço do Norte, através do projeto Dentista do Bem, devem fazer contato através do telefone 3658-7240.

Apoio
Em Braço do Norte, o projeto Dentista do Bem é desenvolvido com o apoio do Rotary Clube. Neste domingo, uma ação voluntária será realizada, em frente à igreja matriz, pela entidade, que completa 19 anos no município.