Tatiana Dornelles
Tubarão

A corrida para as eleições de outubro está a mil por hora e a escolha dos principais nomes tem sido realizadas ‘a dedo’ pelos partidos. Na sede do Democratas em Tubarão, ontem, nada foi definido por enquanto, porém. nos próximos dez dias, a intenção é seja decidido o pré-candidato à prefeitura.

“Não escolhemos hoje (ontem). Não houve consenso. Permanecem os nomes do Jairo Cascaes (vereador), Ângelo Zabot (vice-prefeito), o Com, e Irmoto Feuerschuette (ex-prefeito). Esperamos que, no máximo em dez dias, um dos três seja escolhido e teremos o candidato à majoritária. Esperamos o bom senso do diretório”, declara o presidente municipal do partido, Dalton Luiz Marcon.

A diretoria do partido, no entanto, não nega que procura coligações com outras siglas e, para marcar encontros, ofícios foram encaminhados ao PSDB, PP, PMDB, PDT e PPS, “exatamente nesta ordem”, diz Dalton. “Queremos marcar uma reunião com os representantes destes partidos e negociar”, ressalta.

Segundo o presidente do D25, a expectativa é que alguém desista e retire o nome à pré-candidatura. “O Com até disse que retiraria o seu nome. Entretanto, nada foi definido ainda. Vamos marcar uma audiência com o secretário de articulação nacional, Geraldo Althoff, que está de segunda a quinta-feira em Brasília, para ele também dar o aval quanto aos nomes. O encontro com ele dependerá de sua agenda”, conta Dalton.

O presidente da sigla ainda ressaltou que o Democratas ‘vem com tudo’ para as eleições de outubro. “Estamos com força total. O encontro foi bastante válido e tivemos uma boa representação. Vieram os vereadores Jairo (Cascaes), Felipe (Felisbino), o secretário de desenvolvimento regional em Tubarão, César Damiani, além do vice-prefeito (Com). Só faltou mesmo o Althoff, que não pôde comparecer devido aos compromissos”, lamenta.