Dependendo da audiência, Gregnho pode voltar ao programa do Raul Gil, no SBT, no quadro Eu e as crianças. O menino se mudará com a família para São Paulo para investir na carreira.
Dependendo da audiência, Gregnho pode voltar ao programa do Raul Gil, no SBT, no quadro Eu e as crianças. O menino se mudará com a família para São Paulo para investir na carreira.

Karen Novochadlo
Tubarão

Com roupas de gente grande feitas especialmente sob medida, Gregory Zacouteguy Gazapina, o Gregnho Beat Box, 8 anos, continua a encantar com seu talento. O garoto realizou uma apresentação para o programa Raul Gil, do SBT, que será exibida neste sábado, a partir das 14 horas. O beat box é a arte de fazer ritmos com a voz, a boca e a cavidade nasal, emitindo sons percurssivos.

Nas próximas semanas, a família deverá mudar-se para São Paulo para cuidar da carreira dele. O convite partiu da produção do programa, após os pais, Marcus Alexander Matteoni e Carlene Zacouteguy Matteoni, inscreverem o menino no quadro Eu e as Crianças. “Se a audiência for alta durante a apresentação de Gregnho, ele deverá retornar ao programa”, conta a mãe Carlene.

Gregnho ficou ansioso pela primeira apresentação na TV aberta. “No show, ele diz que não tem vergonha porque a performance é para as pessoas presentes, mas para a televisão, ficou nervoso pelo número de espectadores”, conta a mãe.
O coreógrafo do programa gostou da apresentação do menino e sugeriu que os pais o matriculassem na escola de dança, que treina os talentos mirins da emissora. Marcus e Carlene seguiram o conselho. O próximo passo, segundo os pais, é gravar um CD com canto e beat box.

Gregnho foi descoberto em uma viagem com a família para São Paulo, pelo beat box Fernandinho, parceiro do cantor Marcelo D2. O menino participou de vários shows do rapper, inclusive em Tubarão, durante a Produsul. Também já se apresentou com Emicida, Mc Heltinho e Mc Flora Mattos.