Tubarão

O maior índice de recuperação de crédito registrado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) de Tubarão no ano passado ocorreu em dezembro. O percentual chegou a 94,91%.

Isto significa que, de cada 100 consumidores inadimplentes, cerca de 95 quitaram as suas dívidas. Para o diretor executivo da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Pedro Paulo Nascimento, entidade mantenedora do SPC, o dado demonstra o quanto os consumidores valorizam estarem preocupados em limparem os seus nomes. "O crédito é o maior patrimônio das pessoas. Quem o perde deixa de ter acesso aos bens e serviços oferecidos pelo comércio e prestadores", ressalta.

"Mais de 90% dos consumidores têm o cadastro positivo junto ao SPC, o que lhes possibilita a imediata liberação do crédito e, na maioria das vezes, com esse histórico positivo, a venda é liberada sem avalistas e sem muita burocracia", avalia.