A Polícia Civil de Santa Catarina, através da Divisão de Combate a Furtos e Roubos, da Delegacia de Polícia da Comarca de Tubarão, no final da tarde desta quinta-feira (11), deu cumprimento a mandado de prisão preventiva deferido em desfavor de MAP, de 43 anos, o qual é suspeito de ter furtado uma casa de material de construção situada  na rua Pedro Zapelini.

A DCFR prendeu MAP, no dia 9 de outubro de ano passado, durante investigação na qual ele foi indiciado por três crimes de furto qualificado e na mesma investigação dois receptadores foram identificados e presos. Ocorre que no último dia 25, o homem foi posto em liberdade e já na madrugada do dia 28, ou seja, menos de 72h depois, foi identificado como autor de um furto a um estabelecimento comercial.

O suspeito pulou o muro da empresa e de seu interior subtraiu inúmeros objetos, num prejuízo total de cerca de R$ 6 mil. Um inquérito policial foi instaurado e, após a colheita de inúmeros elementos probatórios, o delegado de Polícia coordenador da DCFR representou pela prisão preventiva do suspeito, uma vez que ele possui inúmeras passagens policiais e é reincidente em crime doloso. O pleito foi deferido pelo juízo da 2º Vara Criminal da Comarca de Tubarão.

De posse do mandado de prisão, a equipe da DCFR realizou diversas diligências e logrou êxito em capturar o suspeito no bairro passagem. MAP foi conduzido à DCFR, tendo sido interrogado e indiciado pela autoridade policial e posteriormente encaminhado ao Presídio Regional de Tubarão, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul