A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves; participa de coletiva de imprensa no Palácio do Planalto

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, disse nesta quarta-feira (15) que o país precisará ser reconstruído após a pandemia de covid-19. De acordo com a ministra, milhões de mulheres vão sair desse período desempregadas, principalmente as que chefiam famílias.

“Não teremos mais um novo normal após a pandemia. Teremos sim de fazer a reconstrução do país. Temos hoje milhões de mulheres desempregadas e que vão sair desta pandemia ainda mais desamparadas e precisando de ajuda”, disse.

As declarações de Damares foram feitas em cerimônia virtual da entrega de máscaras pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP) e pelo Ministério da Mulher à Sociedade São Vicente de Paulo.

“Tivemos um aumento de divórcios e suicídios em todo o mundo durante a quarentena. E todos nós, inclusive a ACSP, teremos de encarar muitos desafios de recuperar estas pessoas, principalmente as mulheres que chefiam suas famílias. Esta é a maior marca do governo Bolsonaro e seu maior investimento: salvar vidas”, acrescentou a ministra.

Hoje, o Conselho da Mulher Empreendedora e da Cultura (CMEC) da ACSP, em parceria com o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, entregou 10 mil máscaras de proteção, álcool gel e 300 quilos de alimentos à Sociedade São Vicente de Paulo.

 

Fonte: Agência Brasil

Entre em nosso grupo do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul