Laguna

A licitação para a restauração da Biblioteca Pública Municipal Romeu Ulysséa foi lançada nesta quinta-feira pelo governo de Laguna. Abertura dos envelopes das empresas interessadas irá ocorrer no próximo dia 3.

A reforma deverá compreender também, o prédio anexo para criação de um espaço próprio para crianças e adolescentes, a biblioteca infantil. O projeto foi idealizado pela Secretaria de Planejamento Urbano, em parceria com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

 A reforma e restauro do prédio anexo estão orçados em aproximadamente R$ 500 mil reais e deverão ser executados com recursos do município. Atualmente, 6.455 mil pessoas estão cadastradas como leitores na biblioteca pública. Vinte e duas mil obras pertencem ao acervo lagunense.
 
História do prédio
 
A casa onde atualmente é a sede da biblioteca foi considerada a mais rica e imponente do centro histórico em 1864. Foi erguida para abrigar a família do coronel Manoel Martins, rico mercador que ganhava dinheiro na navegação. Na época, o primeiro porto da Cidade Juliana, ficava há poucos quarteirões da residência.

 O professor do curso de arquitetura da Udesc, Fabiano Teixeira dos Santos, destaca a grandiosidade de uma obra erguida com inspiração no estilo eclético, com a fachada principal decorativa. Janela ao lado da casa, com salões na parte da frente, demonstrava que ali morou uma família de posses.

 A cozinha funcionava a todo vapor, uma parte era reservada para os escravos, a mão de obra para a construção da casa e afazeres domésticos. Uma curiosidade, de acordo com o professor  a residência não tinha banheiro. Uma cadeira adaptada era usada, os escravos seriam os responsáveis em jogar os excrementos fora, a lagoa Santo Antônio era utilizada para este fim já no século 19.

 A família mudou-se para o Rio de Janeiro, a residência foi comprada pelo poder público. Abrigou escolas e departamentos municipais. Em1969, a biblioteca recebeu o nome do professor Romeu Ulysséa, que por 44 anos lecionou português, francês, latim, história natural, física e química na cidade.

 Funciona no atual prédio desde os anos 70. Antes, num prédio ao lado do Museu Anita Garibaldi. Em 2010, o prédio passou por uma revitalização no telhado e na parte da frente da estrutura.
 
Onde fica ?
 
A biblioteca está localizada na rua Voluntário Fermiano, centro histórico, fica aberta das 7 às 18h. Contato: 3647-2499