Em Tubarão, o motorista deve ficar atento aos desvios e à travessia de pedestres.
Em Tubarão, o motorista deve ficar atento aos desvios e à travessia de pedestres.

Tubarão

As obras de duplicação do trecho sul da BR-101 exigem atenção redobrada dos motoristas e pedestres. A rodovia corta diversos municípios populosos, a exemplo de Tubarão. Os desvios, homens e máquinas às margens da pista, e nesta semana a chuva, deixam a rodovia ainda mais perigosa.

Em trechos com desvios urbanos ou nas proximidades das obras-de-arte especiais (OAE), os motoristas devem respeitar a sinalização de segurança, que limita a velocidade em 40 quilômetros por hora, e também evitar ultrapassagens na pista usada para trânsito local.

Para os trechos duplicados, o limite de velocidade continua o de 80 quilômetros por hora. A mudança, assim como ocorreu no trecho norte, somente ocorrerá quando toda a duplicação estiver pronta. Outro ponto perigoso é nas saídas dos trechos duplicados para a pista simples, onde o tráfego é feito em mão dupla.

Com a previsão de chuvas e nevoeiros na região, o motorista deve ter ainda mais cautela. A recomendação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Tubarão é manter os faróis baixos acesos mesmo durante o dia, para melhorar a visibilidade.
Manter a distância segura do veículo da frente e triplicar a atenção ao entrar em pontes, fazer retornos ou voltar à pista, em caso de parada, também são regras importantes para prevenir acidentes. Na região, há muitos trechos com locais de travessias de pedestres e escolas.

Como estabelecer a
distância de segurança?

Há uma regra boa para estabelecer essa distância: você deve definir um ponto de referência ao lado da rodovia e adiante do veículo que está à frente. Quando esse veículo passar pelo ponto definido, você começa uma contagem em segundos e, se ao final de quatro segundos seu veículo passar pelo ponto pré-definido, a distância será segura, independente da velocidade na qual você está.

Nevoeiros e chuvas torrenciais
Quando houver ocorrência de chuvas torrenciais ou nevoeiros muito densos, não é seguro parar o veículo no acostamento. O ideal é procurar abrigo em locais como postos de combustíveis.

Locais mais perigosos
Os trechos com desvios, ainda que sinalizados, sempre podem confundir o motorista, especialmente aqueles não acostumados a trafegar pela BR-101. Os que exigem atenção redobrada ficam entre os municípios de Araranguá e Sombrio, em Tubarão e entre Capivari de Baixo e Laguna.