Foto: Divulgação/Redes Sociais

Uma investigação que apura o desvio indevido de R$ 20 mil da Câmara de Vereadores de Laguna é realizada há pelo menos quatro meses. A informação é de  que um golpista teria se passado por um representante de uma agência bancária, conseguiu ter acesso as contas usadas para movimentações financeiras do Legislativo e furtar o dinheiro.

A informação foi confirmada pelo presidente da Câmara, Rhoomening Rodrigues (PSDB), nesta quinta-feira (23). Um funcionário efetivo teria recebido uma ligação e acabou caindo no golpe, dessa forma teria passado as informações necessárias para o criminoso.

“Receberam a ligação do suposto funcionário do banco que dizia ser necessário atualizar [dados de] um sistema. Então, eles passaram as senhas que tinham e ocorreu o golpe. Conseguiram levar uma TED [transferência] de R$ 10 mil e dois Pix de R$ 5 mil, totalizando R$ 20 mil”, diz Rodrigues.

Rodrigues relata ter a informação de que outras cidades de Santa Catarina também sofreram com golpes semelhantes. Uma tentativa teria sido realizada junto à prefeitura, mas os criminosos não teriam obtido sucesso.

O caso foi registrado em boletim de ocorrência e uma investigação ocorre por meio da Polícia Civil. Em paralelo, a Câmara de Vereadores tenta recuperar o dinheiro, ao mesmo tempo em que faz uma apuração interna dos fatos.

“Tomamos as devidas providências, fizemos o BO, a polícia está investigando, e abrimos um processo administrativo-disciplinar. Vamos responsabilizar quem tiver que ser responsabilizado. Acreditamos que não houve má-fé, foi um engano, caíram no golpe, como várias pessoas”, detalha o vereador.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: Agora Laguna