Os primeiros leitos da antiga Casa de Saúde do Rio Mania estão prestes a serem concluídos. Em menos de duas semanas após iniciar os trabalhos no local, no dia 28 de março, a Secretaria de Infraestrutura, Planejamento e Mobilidade Urbana deverá concluir 37 leitos até a próxima sexta-feira (10).

Para reformar o local, a Prefeitura de Criciúma recebeu doações de telhas de fibrocimento da empresa Imbralit, pisos cerâmicos do Sindicato da Indústria da Construção Civil de Santa Catarina (Sinduscon) e da Cerâmica Elizabeth, aparelhos de ar-condicionado da Ferrovia Tereza Cristina (FTC), além de tintas da empresa Anjo Tintas. A Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc) instalou, ainda, o sistema elétrico, com a implantação da subestação e alimentação de energia elétrica externa do imóvel. “Recebemos essa ajuda de empresas e instituições em um bom momento. Estamos trabalhando com celeridade para deixarmos tudo em condições de uso no menor tempo possível”, comenta a responsável pela pasta, Katia Smielevski.

A previsão é de que pelo menos mais 133 leitos fiquem prontos na antiga Casa de Saúde do Rio Maina até o dia 10 de maio, juntamente com o complemento das obras. “É uma missão que exige um grande trabalho, mas que ajudará muito a área da saúde do nosso município”, frisa a secretária de Infraestrutura, Planejamento e Mobilidade Urbana.

O espaço servirá como retaguarda para tratamento de pessoas com a Covid-19 em Criciúma. Além dos itens utilizados na reforma, o município também recebeu mais de 30 camas hospitalares. As doações para a Central de Suprimentos podem ser feitas pelo telefone (48) 99951-2785. A lista de materiais e outros tipos de ajudas recebidas pelo município está disponível no site covid19.criciuma.sc.gov.br.