O ex-deputado estadual, Eno Steiner, faleceu na manhã desta segunda-feira (17), aos 74 anos. Eno era portador de fibrose pulmonar idiopática desde 2010 e estava internado desde sábado (15), no Hospital São João Batista, em Criciúma.

O velório inicia às 19 horas desta segunda-feira no Crematório Millenium. A celebração acontece às 11 horas desta terça-feira, dia 18.

Em 2012 o advogado foi paraninfo dos formandos da Faculdade Satc. Na hora de falar para os afilhados, frisou que a ética, tanto na profissão, quanto na vida, são fundamentais.

Eno Steiner nasceu em 13 de fevereiro de 1946, em Forquilhinha (SC). Filho de Alfredo Jorge Steiner e Delfina Arns Steiner. Descendente de uma família de alemães iniciou seus estudos no Colégio Sagrada Família de Forquilhinha, onde foi alfabetizado. Casado com Jeane Rosalina Minatto Steiner, pai de Elke Minatto Steiner e Victor Minatto Steiner e avô de Igor, Caio e Adam.

Breve Histórico

Atividades profissionais

De 1966 a 1968, foi Secretário do então Prefeito Ruy Hulse.

De 1968 a 1971, foi Secretário do então vice-governador Jorge Konder Bornhausen.

Atuou na Fundação Hospitalar de Santa Catarina em Florianópolis como diretor de análise financeira entre 1971 e 1972.

Diretor do Grupo Cecrisa e empresas do grupo no período de 1972 a 1974 e 1977 a 1997. Gerente Comercial da Siderúrgica Criciumense, a Sidesa de 1974 a 1977.

Diretor executivo da Amrec entre 2001 e 2013.

Assessor Jurídico da Prefeitura de Nova Veneza (SC), entre 2001 e 2004, na gestão do então prefeito Genésio Spillere.

Foi Secretário da Coordenação de Governo da Prefeitura de Criciúma entre 2014 e 2016, na gestão do então prefeito Marcio Búrigo.

Advogado, sócio do escritório Steiner & Moura Ferro Advogados Associados.

Política estudantil

Diretor do Grêmio Estudantil Castro Alves na Escola Técnica de Comércio de Criciúma.

Presidente da União dos Estudantes Secundários (Uesc) de Criciúma.

Diretor do Diretório Acadêmico da Escola Superior de Administração e Gerência (ESAG) Florianópolis (SC)

Política partidária

Eleito Vereador da Câmara Municipal de Criciúma de 1970 a 1973, sendo reeleito de 1977 a 1979, quando foi presidente da casa entre 1977 e 1978.

Eleito Deputado Estadual entre 1979 e 1982, sendo membro da Comissões de Justiça e Viação e Obras.

Vice-líder do PDS na Assembleia Legislativa de Santa Catarina.

Autor do Projeto de Lei para emancipação do hoje Município de Forquilhinha – SC

Foi presidente do diretório municipal do PPR de Criciúma e fundador do Diretório Microrregional da Bacia Carbonífera (Criciúma, Içara, Urussanga, Morro da Fumaça, Nova Veneza e Siderópolis)

Atividades Comunitárias

Membro da Câmara Junior de Criciúma

Membro da Loja Maçônica Fraternidade Criciumense nº 33

Membro do Conselho da Unesc

Membro do Conselho da Credisol