O homicídio registrado no fim da noite da última terça-feira no Bairro Santa Barbara, em Criciúma, pode ser enquadrado em legítima defesa. Alexsandro Pereira, de 42 anos, foi morto pelo próprio cunhado, de 43 anos, com uma facada no tórax, durante uma briga.

À Polícia Militar, o cunhado relatou que  Alexsandro chegou em casa transtornado, lhe agredindo com tapas no rosto e tentando lhe acertar com uma faca. Os dois acabaram discutindo e se agredindo fisicamente. Alexsandro acabou sendo atingido com um golpe de faca na região do tórax.

Conforme o delegado da 2ª Delegacia de Polícia Civil de Criciúma, Ari José Soto Riva, responsável pela investigação do caso, Alexsandro cumpria pena por tráfico de drogas e estava livre por conta do benefício de saída temporária. “Ele teria sido aconselhado pelo cunhado a voltar para casa mais cedo, fato que seria a causa das ameaças ocorridas. Há chances de o caso ser enquadrado em legítima defesa, uma vez que o ataque foi feito pela vítima, que estava na posse da faca”, completa a autoridade policial.

Alexsandro foi levado ao hospital por um vizinho. No meio do caminho eles encontraram com o SAMU chegou, mas ele já estava sem vida. 

Após a autuação pelo crime de homicídio simples, o autor do crime foi conduzido ao presídio.