Feira ocorre neste domingo na Praça do Congresso, em Criciúma. O evento irá expor produtos feitos por mães e fomentar a maternidade e o empreendedorismo.

Lysiê Santos
Criciúma

Gerar, cuidar, nutrir, amar, amar e amar… Esse é o sonho de muitas mulheres que se dedicam à maternidade. Após o nascimento do bebê, um forte sentimento surge, e a vontade é ficar sempre pertinho da criança e acompanhar o crescimento. A primeira palavra, o primeiro passinho, a queda do primeiro dentinho… São tantos detalhes. Para as mamães modernas, muitos desses detalhes são perdidos em função da correria do trabalho.

Atualmente, as mulheres se desdobram para cuidar da carreira, da casa e dos filhos. No entanto, o lucro da empresa não é o mais importante. Não para mães que decidem empreender para ficar mais tempo com os filhos. Já foi a era em que elas preferiam abandonar a carreira ou ficar cuidando apenas das crianças e da casa. Agora, elas querem mais autonomia, mais flexibilidade e uma empresa que dá outro tipo de lucro – a qualidade de vida.

Atentas a este novo nicho de mercado, um grupo de amigas se reuniu e criou a feira “Cria na Roda”. O evento pretende expor os produtos feitos pelas mães empreendedoras de Criciúma, neste domingo, a partir das 15 horas, na Praça do Congresso. Além da exposição de produtos, haverá uma palestra com o tema “cuidados naturais com a cria” e troca de experiências entre as participantes. A ideia é que Tubarão também tenha uma feira do evento.

Uma das organizadoras, a fotógrafa Thandra Leães, após sua primeira filha, decidiu abrir mão do seu emprego e investir na venda de fraldas de pano. “Tinha que viajar, ficava sempre fora e resolvi dar mais atenção ao meu bebê. Hoje, muitas mães estão descobrindo um novo ramo empreendedor para ampliar a renda e poder continuar com os filhos”, afirma.

Foto: Arquivo Thandra Leães/Divulgação/Notisul

Publicado às 7 horas desta terça-feira (04/04/2017)