Cíntia Abreu
Tubarão

A necessidade de registrar momentos especiais fez com que o brasileiro se endividasse nos últimos meses. Segundo os dados da Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL), o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), no mês passado a inadimplência no comércio registrou alta de 15,25%, na comparação com o resultado de junho, quando houve queda 22,67%.

Em contrapartida, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Tubarão comemora a recuperação de crédito em 99,81% no mês de junho. “Normalmente a recuperação é de 60% a 70%”, compara o diretor executivo da CDL, Pedro Paulo Nascimento.
Ele acredita que em função do clima, as pessoas procuram organizar-se economicamente para comprar. O presidente da CDL, Walmor Jung Júnior, considera que as campanhas da entidade auxiliam na conscientização do cidadão. “Mais importante do que vender, é receber”, sublinha Jung Júnior.

O supervisor de vendas do grupo Nandi Lojas, Roberto Dandolini, reafirma que a inadimplência no comércio diminuiu. “O inverno 2009 foi melhor do que o anterior. Aqui, por exemplo, temos nosso centro de cobranças interno e procuramos conversar com o cliente antes de inseri-lo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC)”, afirma Dandolini.