Mais duas oitivas estão marcadas para a reunião desta terça-feira (7) da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Respiradores da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc). Os depoimentos começam a partir das 17 horas.

O secretário de Estado da Administração, Jorge Eduardo Tasca, será um dos ouvidos pelos membros da comissão. Ele foi responsável por criar o grupo de Whatsapp com o objetivo de auxiliar o Estado na compra dos equipamentos e insumos necessários para o enfrentamento da pandemia da Covid-19. Conforme os parlamentares, o secretário participava ativamente do grupo.

A CPI também ouvirá Vanderlei Vanderlino Vidal, ex-superintendente administrativo da Secretaria de Estado da Saúde (SES). Os dois depoimentos ocorrerão no Auditório Antonieta de Barros, na Assembleia Legislativa.

Instalada há dois meses, a comissão investiga a compra com dispensa de licitação de 200 respiradores pela SES, em março deste ano, junto à Veigamed, mediante o pagamento antecipado de R$ 33 milhões. Os equipamentos não foram entregues.

 

Fonte: Alesc

 

Entre no nosso grupo do telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/Notisul