Três pacientes recebem alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), na manhã desta sexta-feira (26). Os três pacientes, jovens, chegaram ao Hospital já precisando de leitos na UTI, nos primeiros dias.

A primeira paciente a receber alta da UTI Covid foi Gisele Farias de Medeiros, 37 anos, que ficou 13 dias na terapia intensiva, precisando de ventilação mecânica. Antes da alta, ela já tinha recebido visita virtual com sogra, sogro e a filha, um encontro emocionante cheio de palavras de carinho e força a paciente.

“Nunca perdemos a fé. Foram muitas orações todos os dias”, diz o esposo Jean Pierri, que veio receber Gisele na porta da UTI com a amiga Tatiane, a cunhada Simone e o irmão Anderson. Foram aplausos e desejos de melhora a paciente, que agora termina o tratamento em leito de enfermaria.

A alta de Cleber Alves Rodrigues, 32 anos, da UTI Covid, trouxer muitas lágrimas para esposa Talita, que não o via desde o dia da internação, em 5 de março. O paciente chegou a emergência com cefaleia, febre e mal-estar geral, e logo teve uma piora do quadro, precisando ser intubado. Foram 19 dias na Unidade de Terapia Intensiva e muitos boletins que deixaram a esposa angustiada.

“Alguns vinham com notícias de melhora, e outra com piora do quadro. É uma situação tensa quem fica aqui fora sem poder ver a pessoa”, ressalta. “Mas em nenhum momento perdemos a fé. Tinha certeza que ele iria superar a doença e voltar para casa”. Tatila disse que Cleber não quis fazer a vídeos chamadas pois estava muito fragilizado, e ela respeitou a decisão dele.

Mas ele deixou claro, que as lágrimas foram de alegria por ver o marido saindo da UTI e saber que logo ele vai poder estar em casa de novo. Cleber ainda fica por alguns dias em leito de enfermaria em observação, antes de poder ter a alta definitiva da unidade hospitalar.

 

Paciente fez cesária de emergência por consequência da Covid-19 e recebe alta da UTI

Um dos momentos mais emocionantes da manhã de sexta-feira, 26, foi a alta de Alice Antunes Capistrano, 40 anos, de Tubarão. A paciente foi internada em 9 de março, com 33 semanas de gestação, apresentando quadro febril, mialgia, tosse e com resultado positivo para Covid-19.

Com quadro grave, teve que se submeter a uma cesária de emergência e logo foi encaminhada para a Unidade de Terapia Intensiva, intubada, para iniciar seu tratamento. O bebe foi internado na UTI Pediátrica Covid, mas dois dias depois apresentou exame negativo, sendo transferido para UTI Neonatal.

Hoje o esposo Jaime Rodrigues pode receber Alice e comemorar sua alta, junto com familiares e a equipe assistencial. Foram muitos aplausos e balões para comemorar sua vitória e o desejo de que logo ela possa conhecer a pequena Flávia, que já está em casa, bem, aos cuidados dos familiares. Alice também fica mais alguns dias em leito de enfermaria para depois poder receber alta definitiva.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul