Os prefeitos das cidades que integram a Amurel estiveram reunidos hoje (15) para tratar das medidas de combate à Covid-19. Os números de pessoas infectadas e de mortes aumentam a cada dia e os leitos pelo SUS, especialmente no Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), que também atende municípios de outras cidades, estão com sua capacidade máxima.

Hoje, se uma pessoa precisar de um leito de UTI, por exemplo, terá que ser atendido em hospitais de outras regiões. Os gestores públicos não chegaram a um consenso, divergem sobre as opiniões e ficou evidente a indignação dos prefeitos sobre a posição do Governo do Estado em não assumir a responsabilidade.

Em Tubarão, hoje, são 1050 casos confirmados. Caso uma medida não seja tomada imediatamente, a tendência é de que os números vão aumentar nas próximas semanas, e a situação ficará ainda mais dramática.

“É um crescimento exponencial, não só pelo fato de não termos mais leitos de UTI, é um conjunto de vários fatores que preocupam”, afirmou o secretário de Saúde, Daisson Trevisol.

Uma nova reunião acontecerá para definir qual novo decreto será publicado com as novas normas.

Em breve outras informações sobre o encontro entre os prefeitos.

Entre em nosso grupo do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul